Mértola: 9 infetados por covid-19 no Agrupamento de Escolas.


Há nove infetados por covid-19 no Agrupamento de Escolas de Mértola, 8 alunos e 1 professor, entre 224 testados.

O Agrupamento de Escolas de Mértola (AEM) revelou na tarde desta quinta-feira, na sua página da internet, que na sequência dos testes rápidos efetuados ontem e hoje, foram detetados 9 casos positivos de covid-19.

Foram efetuados 114 testes aos alunos 8 deram positivos e 73 ao pessoal docente, há o registo de 1 caso. Dos 40 funcionários testados foram os testes foram negativos.

Por iniciativa da Direção Geral dos Estabelecimentos Escolares foram efetuados 187 testes para pesquisa de SARS-CoV-2, à população de alunos do ensino secundário/ profissional e também ao pessoal docente e não docente afeto ao agrupamento.

Júlio Silva, presidente do Conselho Administrativo do AEM, dirigiu-se à comunidade estudantil lembrando que o encerramento das escolas decidido pelo Governo tem “como objetivo travar os contágios e é de extrema importância que mantenham os procedimentos habituais, de distanciamento e higienização e uso da máscara”, rematou.

“O problema da pandemia já deixou de ser uma questão de saúde pública, é um desígnio moral e nacional”, justificou Júlio Silva que lembrou à comunidade que “os super-heróis só existem nos livros de banda desenhada”, rematou.

Visando a ajuda à Santa Casa da Misericórdia de Mértola (SCMM) que está a braços com um brutal surto no lar que já causou 22 mortos, o Agrupamento de Escolas promoveu uma campanha de solidariedade e recolheu 1040 máscaras, 300 luvas de nitrilo, 3 viseiras, 10 litros de solução alcoólica e 1000 coberturas para os pés, material que já entregou à SCMM.

Teixeira Correia

(jornalista)

 


Share This Post On
970x90_logo