Covid-19: Concelho de Beja avança para a 3ª fase do desconfinamento.


O Concelho de Beja avança para terceira fase de desconfinamento. Primeiro-ministro já informou presidente da Câmara. Erro de cálculo nos números por parte da Direção-Geral de Saúde (DGS) vai ser hoje retificado.

Um erro da DGS levou a que o concelho de Beja fosse incluída no grupo de sete Municípios de “marcavam passo” na segunda fase do desconfinamento. De acordo com informação confirmada pelo Lidador Notícias (LN) junto do presidente da Câmara Municipal de Beja “deverá sair hoje um comunicado da DGS a retificar a situação e permitir que o concelho avance para a 3ª fase do desconfinamento”, tendo Paulo Arsénio revelando que “o Primeiro-ministro telefonou-me já esta manhã a dar conta do erro e da sua retificação, confirmando que os números por nós apresentado eram os corretos”, justificou.  

O autarca acrescentou que manteve uma conversa com Mário Jorge Santos, Coordenador da Unidade de Saúde Pública da Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo (ULSBA), onde “analisámos os números e concluiu-se que existia um erro, que importava ser retificado”, justificando que “a DGS deverá emitir um comunicado e no decretou que vai ser publicado hoje, Beja já estará excluída do grupo dos setes”, rematou.

De acordo com os relatórios diários sobre a pandemia de covid-19 emitido pela Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo (ULSBA), o Município de Beja apresentava um total de 2259 no início do dia 31 de março e 2295 no final do dia 13 de abril, o que na incidência de novos casos a 14 dias, registou 36 novos casos.

Na fórmula de cálculo da incidência por cada 100.000 habitantes, o concelho de Beja com 33.579 habitantes apresenta um rácio de 107 casos, fora dos 120 que obrigavam a que se mantivesse na segunda fase de desconfinamento. Assim, Beja avança para a 3ª fase do desconfinamento.

Permite-se a abertura de:
Todas as lojas e centros comerciais; Restaurantes, cafés e pastelarias (com o máximo 4 pessoas por mesa no interior ou 6 por mesa em esplanadas), até às 22h30 nos dias de semana ou 13h nos fins de semana e feriados; Cinemas, teatros, auditórios, salas de espetáculos e Lojas de cidadão com atendimento presencial por marcação.

Autoriza-se a prática de: Modalidades desportivas de médio risco; Atividade física ao ar livre até 6 pessoas; Realização de eventos exteriores com diminuição de lotação (5 pessoas por 100 m ²) e Casamentos e batizados com 25% de lotação.

Ensino secundário e ensino superior regressam ao modo presencial.

Teixeira Correia

(jornalista)


Share This Post On
970x90_logo