Covid-19: Concelhos de Beja e Vidigueira avançam sob vigilância.


O estado de emergência será substituído pelo estado de calamidade, a partir das 00 horas de 1 de maio. Beja e Vidigueira sob vigilância durante uma semana.

País avança com quarta fase de desconfinamento, uma vez que se “mantém no quadrante verde”, em termos de taxa de transmissibilidade e incidência. Vinte e sete concelhos avançam para a fase de 1 de maio, mas sob vigilância/alerta, entre os quais estão Beja e Vidigueira.

Eis as medidas: Abertura das fronteiras com Espanha, Todas as lojas e centros comerciais até às 21 horas durante a semana e 19 horas aos fins-de-semana e feriados, Restaurantes, cafés e pastelarias (máx. 6 pessoas ou 10 em esplanadas) até às 22h30, Espetáculos culturais, até às 22.30 e Casamentos e batizados com 50% de lotação.

Dois concelhos, que tinham recuado no desconfinamento, Rio Maior e Moura, no dia 1 poderão acompanhar o resto do país na quarta fase de desconfinamento, assim como os concelhos que tinham ficado retidos na anterior fase.

Em Odemira, face ao elevado número de casos de covid-19, decreta-se cerca sanitária em duas freguesias (São Teotónio e Longueira/Almograve).

“É uma medida de natureza excecional”, afirmou Costa, acrescentando que o centro da contaminação está localizado nestas freguesias.


Share This Post On
970x90_logo