TECNOCRÓNICA (Opinião de Ademar Dias): fact-check e velocidades.




A International Fact-Checking Newtork (IFCN) lançou a versão em português do seu ‘chatbot’ para WhatsApp. Este assistente virtual foi desenvolvido para combater o desafio da desinformação, especialmente durante a pandemia da covid-19.

Ademar Dias

Jornalista

Rádio Horizonte Algarve/ Tavira

O sistema “já está disponível em mais de 70 países, através das versões em inglês, espanhol e hindi. Agora, a ferramenta que se liga ao maior banco de dados de verificações de dados feitas sobre o novo coronavírus chega ao Brasil e a Portugal numa versão lusófona que dispõe de um menu de navegação numérico, de fácil utilização” e gratuitamente.

“Através do ‘chatbot’ da IFCN, os utilizadores do WhatsApp podem verificar se informações específicas que receberam sobre a covid-19 já foram classificadas como ‘falsas’, ‘parcialmente falsas’, ‘enganosas’ ou ‘sem evidência’, por verificadores profissionais” e “consultar as últimas verificações de factos feitas e fazer buscas usando palavras-chave”.

Dados da Anacom revelam que, nos três primeiros meses do ano, foram realizados cerca de 286 mil testes de velocidade através do portal NET.mede, em especial, através de acessos fixos. Em média, foram realizados 3.144 testes por dia.

O valor representa um aumento de 88% em relação ao trimestre anterior e 58% em comparação com o mesmo período no ano passado.

Segundo a Anacom, o maior número de testes aconteceu ao final do dia, entre as 18 e as 22 horas, seja em acessos fixos residenciais ou móveis. Ainda assim, a partir de 11 de março, verifica-se uma maior distribuição entre as 15 horas e as 19 horas, devido à afluência ao teletrabalho e ao ensino à distância.

Dos 200 mil testes à velocidade realizados através de acessos fixos residenciais, metade atingiram velocidades de download de 49,2 Mbps e de upload de 23 Mbps. Em média, as velocidades rondaram os 88,8 Mbps e os 44,2 Mbp, respetivamente.

A Netflix lançou novas funcionalidades para a versão Android da sua app que permite ao utilizador alterar a velocidade de reprodução de qualquer conteúdo do serviço de streaming.

Assim, os utilizadores podem não só ver uma série a metade da velocidade normal ou mesmo duplicar essa velocidade. A vice-presidente de Inovação de Produto da Netflix, Keela Robinson, revelou até que esta é uma das funcionalidades mais pedidas pela comunidade de utilizadores.

“A funcionalidade tem sido muito pedida pelos subscritores nos últimos anos. Mais importante do que tudo, os nossos testes mostram que os consumidores valorizam a flexibilidade que [a opção] oferece, seja para voltarem a ver uma das suas cenas preferidas, ou porque estão a ver com legendas ou têm dificuldades de audição”, pode ler-se no comunicado partilhado pelo The Verge.

Um novo estudo científico demonstrou que tocar um instrumento pode melhorar a saúde mental de um adulto.

O estudo, inserido no podcast “Where Is My Mind?”, de Niall Breslin, e realizado em parceria com o Spotify, detetou melhorias na saúde mental em 89% dos adultos inquiridos.

Tocar um instrumento musical ajuda a aumentar a sensação de felicidade e de relaxamento, conclui a investigação.

56% dos inquiridos sentiram-se relaxados enquanto tocavam, 48% sentiram-se satisfeitos e 43% sentiram-se em paz de espírito. Mais de um terço dos inquiridos afirmaram que tocar música lhes dava “uma sensação de terem um propósito na vida”.

Finalmente, a sugestão de cinema da semana.

“Posto de Combate” (“The Outpost” no título original) é um drama de guerra realizado por Rod Lurie que conta com Scott Eastwood, Caleb Landry Jones e Orlando Bloom nos principais papéis.

Baseado em fatos verídicos, “Posto de Combate” narra a história de 54 soldados dos EUA enviados para um posto avançado de combate numa localização remota no Afeganistão. Contra todos os obstáculos, a unidade de soldados terá de enfrentar o ataque das forças Talibans, no mais sangrento combate americano da Guerra do Afeganistão. A Batalha de Kamdesh foi o único ato de bravura da Guerra do Afeganistão galardoado com a mais alta patente de valentia militar, numa guerra que já tem 18 anos de duração.

Aqui fica o trailer: https://www.youtube.com/watch?v=GH6TIW8odD0&feature=emb_logo


Share This Post On
970x90_logo