Ourique: Caso positivo de covid-19 fecha Centro Escolar.


Um episódio hospitalar, envolvendo uma mulher e o seu filho residentes em Ourique, revelou que aquela estava infetada com covid-19 e o descendente contagiado.

A situação levou ao fecho do Centro Escolar de Ourique (CEO), onde a mulher é funcionária e à colocação em quarenta preventiva da turma do aluno na Escola EB2,3/S, afetando direta ou indiretamente, meio milhar de alunos, professores e funcionários.

Na sequência de uma queda do rapaz, que levou a recorrer a uma unidade hospitalar, foram feitos testes à covid-19, e à deteção dos casos positivos de mãe e filho, o que fez com que a Autoridade de Saúde Pública tenha determinado o encerramento do Centro Escolar e à realização de testes a toda a comunidade envolvida. No caso da Escola EB2,3/S a turma do aluno contagiado foi colocada em quarentena preventiva.

Em comunicado, o presidente da Câmara Municipal de Ourique referiu que a autarquia “está a concretizar a rápida testagem que permita a identificação integral da situação”, recordando os casos dos contágios de Santa Luzia, o edil diz que se trata de “mais um sobressalto perante um risco que existe e persiste”

Marcelo Guerreiro lembra os seus concidadãos que Ourique “não é um dos 121 municípios sujeitos a medidas mais duas”, desafiando a que todos mantem precauções “para continuar a não fazer parte dessa lista com mais restrições”, concluiu.

Desde o início da pandemia que o concelho de Ourique já registou 52 casos positivos, tendo ocorrido dois óbitos um dos quais no lar de Santa Luzia, propriedade da Santa Casa da Misericórdia de Ourique e, onde se verificou o principal e mais perigoso surto de covid-19.

Teixeira Correia

(jornalista)


Share This Post On
970x90_logo