Mértola: Jorge Pulido Valente volvió a la autarquía. En 2009 fue elegido presidente en Beja.


Ex alcalde de Mértola, Regresó ayer a la autarquía para ocupar el cargo de Técnico Superior en la Oficina de Planificación.

En su página de facebook, Jorge Pulido Valente escreveu “Novo posto de trabalho, novos desafios, nova etapa de vida!” publicando também uma foto do espaço que em tempos foi o gabinete do Vereador do Desporto e Cultura, num edifício localizado frente aos Paços do Concelho, no topo norte da Praça Luís de Camões.

O antigo autarca é técnico superior dos quadros da Câmara Municipal de Beja e regressou à autarquia da “Vila Museu” ao abrigo da mobilidade na função pública, depois de ter exercido o cargo de vice-presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Alentejo, entre 1 Marzo 2015 e finais de outubro de 2020.

Ha aprendido el Lidador Noticias (LN), no Gabinete de Planeamento da Câmara Municipal de Mértola, Jorge Pulido Valente, pelas candidaturas da autarquia a financiamentos comunitários, visando captar verbas para a edilidade mertolense.

En 2009, Pulido Valente fez história ao ser eleito Presidente da Câmara Municipal de Beja, colocando fim à hegemonia de 33 anos de poder comunista, cargo que ocupó hasta 2013.

QUIÉN ES QUIÉN

Jorge Pulido Valente nasceu em Lisboa (Campo Grande) en 1955, é casado, tem duas filhas, a Inês e a Sara e fez do Baixo Alentejo a sua região de eleição.

Licenciou-se em História e pós graduou-se em Administração Pública e Desenvolvimento Regional.

En 1980 dá início ao seu percurso profissional, como arqueólogo, en Mértola. En 1982, integra a lista de candidatos da CDU para a Câmara Municipal de Mértola e é eleito vereador da cultura.

Entre os anos de 1986-98 desempenha, sucessivamente, os cargos de Chefe de Divisão e de Diretor do Departamento Sociocultural da Câmara Municipal de Beja. Mais tarde é nomeado Diretor Regional do Ambiente do Alentejo, cargo que exerce entre 1998-2001.

Entre 2001-2008 foi Presidente da Câmara Municipal de Mértola
y al año siguiente, depois de suspender o mandato, foi Administrador da EDIA.

En 2009 foi eleito Presidente da Câmara Municipal de Beja, colocando fim à hegemonia de 33 anos de poder comunista, cargo que ocupó hasta 2013.

Após a derrota para João Rocha (CDU), deixou presidente da Câmara de Beja, y 16 Octubre 2013 regressou à condição de funcionário, como Técnico Superior, sendo ao mesmo tempo vereador na Oposição, electo por el Partido Socialista.

Entre 2015-2020 foi vice-presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Alentejo.

cinturón de Teixeira

(periodista)


Compartir este mensaje en
970x90_logo