Beja: hombre condenado 4 años de prisión por violencia doméstica.


Cuatro años de prisión, suspendida en libertad condicional y 8.000 euros de indemnización era la sanción que un individuo, residente en Beja, Fue condenado.

Un hombre de 46 años de edad, residente en Beja, foi condenado no Tribunal de Beja, a um pena de 4 anos de prisão em cúmulo jurídico, suspendido por el mismo período, e indemnizações cíveis de 8.000 euros, por dois crimes de violência doméstica e a pena acessória de frequência de programas específicos. Durante o julgamento o arguido remeteu-se ao silêncio.

Por um crime cometido contra a ex-companheira foi condenado a 3 anos de prisão e por outro cometida contra a filha desta, una chica de 12 años de edad, foi punido com a pena de 2 año y 3 meses, do qual resulta a pena única de 4 años de edad. Foi absolvido do mesmo tipo de crime contra outro filho da ex-companheira, un niño de 11 años de edad. O arguido vai ter que pagar uma indemnização de 5.000 euros a la víctima, pidiendo 25.000, y 3.000 euros à menor, que peticionava 8.000 euros.

Os factos tiveram início em maio de 2017, según la acusación, depois da mulher ter ido trabalhar para um café do arguido e ter passado a viver maritalmente com este, que começou a ofender a companheira tanto na habitação como no interior do estabelecimento, inclusive na presença de clientes.

Na sequência de um dos muitos desaguisados entre o casal, a mulher deixou a casa do companheiro foi viver com uma amiga acabando por ingerir uma grande quantidade de comprimidos, tendo sido hospitalizada na ala psiquiátrica do hospital de Beja, tendo a filha ficado institucionalizada e posteriormente entregue aos cuidados da avó materna.

El Ministerio Público (MP) determinou a proteção da vítima por teleassistência, mas porque retomou a comunhão de vida com o arguido, foi determinada a cessação da medida de proteção da ofendida. Entretanto no Juízo de Família e Menores de Beja a mulher deu entrada de um requerimento para a regulação dos poderes paternais, visando ficar com a guarda definitiva da filha de ambos, con poco mas de 2 años de edad.

Teixeira Correia

(periodista)


Compartir este mensaje en
970x90_logo