EMAS de Beja: Empresa cumpre objetivo de redução de perdas de água.


Em termos das perdas reais, a EMAS conseguiu uma redução para metade em dois anos, passando de 97 para 48 litros/ (ramal domiciliário dia), o que equivale a menos 50,5%. Relativamente às roturas à uma redução de 67% em relação a 2017.

O ano de 2020 marca o desempenho dos serviços de água em Beja pelo excelente resultado obtido de 19,8% no indicador ANF (Água não faturada), posicionando a empresa municipal de Beja como uma referência no setor, comparando destacadamente com a média nacional, que se aproxima dos 30% ou a média da região e do distrito de Beja, ambas a ultrapassar os 40%.

O que é a ANF (Água Não Faturada)? É a diferença entre a água que entra no sistema e a água que é entregue em casa dos consumidores, corretamente medida e faturada de forma adequada.

O tema perdas de água tem sido uma preocupação crescente das entidades gestoras de serviços de águas, pelos seus impactos financeiros e ambientais, mas também pela necessidade de mitigar os efeitos sentidos nos territórios causados pelas alterações climáticas, com enfoque especial na escassez de água.

Em termos das perdas reais, a EMAS conseguiu uma redução para metade em dois anos, passando de 97 para 48 litros/ (ramal domiciliário dia), o que equivale a menos 50,5%. Relativamente às roturas à uma redução de 67% em relação a 2017.

A EMAS de Beja não é exceção e neste sentido tem vindo a trilhar o seu caminho de eficiência, através do investimento da reabilitação da rede, aposta em recursos tecnológicos, na capacitação e confiança nos seus recursos humanos e na transversalidade organizacional desta prioridade “a redução de perdas de água”, nas suas diferentes vertentes.

Resultante de uma estratégia bem definida, em linha com os objetivos do setor da água nacional, a EMAS alcançou os melhores resultados operacionais de sempre, com destaque para o indicador de ANF – Água não faturada, que superou largamente o objetivo estabelecido para 2020.

Assim, o ano de 2020 ficará marcado para a história da EMAS de Beja, pelo excelente resultado obtido de 19,8% no que concerne aos valores de ANF, cumprindo as recomendações do PENSAAR 2020 – Plano Estratégico de Abastecimento de Água e Saneamento de Águas Residuais, garantindo o melhor desempenho no indicador da ERSAR (Entidade Reguladora dos Serviços de Águas e Resíduos) em termos da eficiência de distribuição.

Um indicador que posiciona a EMAS de Beja como uma referência nacional enquanto entidade gestora, quando comparada com a média nacional que se aproxima dos 30% e a média da região e do distrito de Beja, ambas a ultrapassar os 40%.

A experiência adquirida, num contexto de cooperação para a sustentabilidade e de partilha de conhecimentos com outras entidades, distinguirá sempre a missão da EMAS de Beja no seu papel de combate e na sensibilização ao desperdício de um bem tão precioso como a água.


Share This Post On
970x90_logo