Covid-19: Governo pondera “escalonar” concelhos em função do contágio.


A revelação foi feita por José Luís Ferreira, líder parlamentar do PEV, após uma audiência com o presidente da República.

O deputado sublinhou que esta medida, que lhe foi transmitida por Marcelo Rebelo de Sousa, ainda é apenas uma hipótese que o Governo está a ponderar “escalonar” os concelhos do país em função do número de casos ativos de covid-19.

A verificar-se, irá dividir os concelhos em três escalões: um menos grave, com entre 240 e 480 infetados por 100 mil habitantes; um intermédio, cujos valores variam entre 480 e 960; e um mais grave, para os concelhos com mais de 960 casos.

José Luís Ferreira disse também que “as medidas que o Governo deve tomar para combater a pandemia dispensam o recurso ao mecanismo extremo que é o estado de emergência”. Da última vez, recorde-se, o PEV votou contra a imposição do período de exceção.

José Luís Ferreira informou ainda que Marcelo Rebelo de Sousa vai marcar as eleições presidenciais para 24 de janeiro. O presidente deverá fazer esse anúncio a 24 de novembro.


Share This Post On
970x90_logo