CIMBAL: Comunidade inicia programa de testes em lares do Baixo Alentejo.


Início do Programa de Intervenção Preventiva em Estruturas Residenciais para Pessoas Idosas (ERPI’s) e Lares Residenciais (LR) no Baixo Alentejo.

O dia 26 de abril de 2020 marcou o início do Programa de Testagem Preventivo em Lares do Baixo Alentejo.

Em Pias, no concelho de Serpa, um dos concelhos do Baixo Alentejo com maior número de infetados, na Fundação Viscondes de Messangil, cinco equipas do Centro Académico de Investigação e Formação Biomédica do Algarve -Algarve Biomedical Center (consórcio do Centro Hospitalar Universitário do Algarve e da Universidade do Algarve), procederam à colheita de amostras para a realização de teste de despistagem de SARS-CoV-2.

A Fundação Viscondes de Messangil dispõe de duas Estruturas Residenciais para Pessoas Idosas (ERPI’s) acolhendo um total de noventa e oito utentes. Considerando que esta entidade tem as equipas com funcionamento em “casulo” (permanência residencial nas ERPI’s) e que as novas equipas entram ao serviço no próximo dia 28, esta ação permite testar os trabalhadores previamente, antes de se apresentarem na entidade, tendo conhecimento do resultado da análise antes do início do próximo turno de trabalho.

Este foi o início de um projeto que percorrerá todas as ERPI’s e LR do Baixo Alentejo, totalizando 65 equipamentos. Brevemente, irão ser agendadas outras operações similares, ocorrendo a sua maioria na primeira quinzena do mês de maio.

O Programa de Intervenção Preventiva em Estruturas Residenciais para Pessoas Idosas (ERPI’s) e Lares Residenciais (LR) é um projeto do Ministério do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social (MTSSS) e o trabalho no Baixo Alentejo resulta de um protocolo estabelecido entre o MTSSS e o Centro Académico de Investigação e Formação Biomédica do Algarve -Algarve Biomedical Center.

 O objetivo deste Programa é testar colaboradores e utentes com sintomas das ERPI’s e LR’s do Baixo Alentejo, priorizando as estruturas com funcionamento de equipa em “casulo” (em permanência residencial dos seus colaboradores) e as estruturas com maior número de utentes e colaboradores.

A operacionalização do Programa no Baixo Alentejo é assegurada por uma parceria alargada, contando com a CIMBAL, o Centro Distrital do Instituto da Segurança Social, a Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo, a Autoridade de Saúde, as Comissões Distrital e Municipais de Proteção Civil e a Escola Superior de Saúde do Instituto Politécnico de Beja, sob coordenação do Senhor Secretário de Estado Adjunto da Defesa Nacional, Jorge Seguro Sanches.


Share This Post On
970x90_logo