Campo Maior: Centro de Ciência do Café é o Museu Português do Ano 2015.


Distinção atribuída pela Associação Portuguesa de Museologia. Espaço da Delta sucede assim ao Museu do Benfica. O Centro de Ciência do Café, em Campo Maior, foi distinguido com o Prémio Museu Português 2015, atribuído pela APOM.

Rui Nabeiro_800x800O Centro de Ciência do Café, distinguido pela APOM como o Prémio Museu Português, está instalado na Herdade das Argamassas, em Campo Maior, no distrito de Portalegre, e é um espaço criado pela empresa Delta para explorar as temáticas ligadas ao café.

De acordo com o palmarés anunciado pela APOM, o Museu do Vinho, em São João da Pesqueira, distrito de Viseu, recebeu uma menção honrosa nesta categoria, que distingue o melhor museu português do ano.

A APOM, entidade dedicada à museologia, atribui os prémios anualmente, desde 1997, a museus, projetos, profissionais e atividades desenvolvidas no setor.

Os prémios são referentes ao ano anterior à atribuição, e são habitualmente anunciados em Dezembro, mas este ano a cerimónia foi antecipada devido ao aniversário dos 50 anos da APOM.

O Centro de Ciência do Café, distinguido pela APOM como o Prémio Museu Português, está instalado na Herdade das Argamassas, em Campo Maior, no distrito de Portalegre, e é um espaço criado pela empresa Delta para explorar as temáticas ligadas ao café.

De acordo com o sítio na internet deste centro, o objetivo foi “ultrapassar a tradicional conceção de museu, transformando-o num conceito mais abrangente, que visa não só reforçar a oferta cultural, mas também aumentar a oferta turística e patrimonial da região onde se insere”.

Os vencedores e menções honrosas, em 26 categorias, foram anunciados numa cerimónia realizada na Assembleia da República, em Lisboa, com a presença da direção da APOM – João Neto e Pedro Inácio -, Teresa Sanches em representação da Presidência da República, Miranda Calha, vice-presidente do parlamento, e Nuno Vassalo e Silva, diretor-geral do Património Cultural.

No ano passado, o vencedor de Melhor Museu Português foi o Museu do Benfica, em Lisboa.

Os prémios são atribuídos pela APOM, fundada em 1965, para incentivar o espírito de preservação e divulgação do património dos museus, segundo a associação, distinguindo ainda, entre outros, a melhor intervenção e restauro, o melhor catálogo, mecenato e projeto museográfico.

A lista completa dos prémios de 2015

– Prémio Museu Português – Centro de Ciência e Café (Campo Maior)

Horários e contatos no Centro de Ciência do Café: http://www.delta-cafes.pt/pt/empresa/centro-de-ciencia-do-cafe/horario-e-contactos.

Menção Honrosa – Museu do Vinho de São João da Pesqueira

– Prémio Exposição – Museu Calouste Gulbenkian: Tesouros da Casa Real Espanhola, Menção Honrosa – Símbolos e Documentos de Abril, Museu Municipal de Loulé e Comissão Concelhia dos 40 anos do 25 de Abril, Menção Honrosa – Museu das Comunicações Espaços de Futuro

– Prémio Investigação – A Reinvenção do Real Curadoria e arte contemporânea no Museu do Neorrealismo, David Santos, Menção Honrosa – O Arquivo: Memória e Promessa, catálogo de exposição Santa Casa da Misericórdia de Lisboa, Menção Honrosa – Fundação Cupertino de Miranda (Vila Nova de Famalicão), Menção Honrosa – Coruche – O Céu, a Terra e os Homens – Câmara Municipal de Coruche.

– Prémio Personalidade na Área da Museologia – Homenagem aos fundadores da APOM e outras figuras relevantes do sector Teresa Gomes Ferreira, em representação do colectivo

– Prémio Parceria –  Metro – Transportes de Lisboa e Câmara Municipal de Lisboa – Painel Luis Dourdil, Menção Honrosa – Direcção Regional de Cultura do Algarve com o Programa Descobrir – Formação de Educadores — Fundação Calouste Gulbenkian

– Prémio Informação Turística – Guias do Algarve Medieval – Museus de Loulé, Alcoutim e Núcleo Museológico de Castro Marim (Produção da Nerve Design), Menção Honrosa — Câmara Municipal de Famalicão: Nova sinalética ajuda a descobrir museus do concelho.

– Prémio Projecto Internacional – Fundação Serralves, Menção Honrosa – Casa dos Patudos — Museu de Alpiarça, no âmbito do projecto Animals in arts and nature do programa Comenius

– Prémio Incorporação – Direcção-Geral do Património Cultural compra pintura de Vieira Portuense para o Museu Nacional de Arte Antiga e Museu do Design e da Moda recebe doação de 353 peças de Eduardo Afonso Dias

– Prémio Aplicação de Gestão Multimédia – Museu do Benfica — Cosme Damião.
Menção Honrosa – Museu do Dinheiro – Banco de Portugal.

– Prémio comunicação em Linha (online) – Museu de Lamego

– Prémio Sítio (site) – Museu de Angra do Heroísmo

– Prémio Trabalho Jornalístico/Mídia – Visita Guiada, RTP2, Menção Honrosa – Casa das Artes, RTP — Madeira, Menção Honrosa – In&Out – RTP Informação e RTP2.

– Prémio Inovação e Criatividade – Museu do Futebol Clube do Porto e Museu de Portimão

– Prémio Estudo sobre Museologia – Clara Fayão Camacho – tese doutoramento “Credenciação, Sistemas e Redes Nacionais de Museus”, Menção Honrosa – Ana Luísa de Maia Fontes – tese académica “Entre — Naves: Projeto Museográfico para as Antigas Oficinas do Vapor do Entroncamento — Museu Nacional Ferroviário”

– Prémio Trabalho na Área da Museologia – Museu Marítimo de Ílhavo: Revista Argos e Revista Midas

– Prémio Instituição – Empresa de Gestão de Equipamentos e Animação Cultural (EGEAC) e Empresa Pública de Águas Livres (EPAL)

– Prémio Colecionador – Álvaro Sequeira Pinto

– Prémio Mecenato – SONAE e PORTUCEL – SOPORCEL – Museu do Papel

– Prémio Trabalho de Museografia – Centro Internacional das Artes José Guimarães, Menção Honrosa – Centro Interpretativo Panteão Nacional

– Prémio Intervenção em Conservação e Restauro – Direção Regional dos Assuntos Culturais – Conservação e Restauro do Retábulo e Cadeiral da Sé do Funchal e Museu de Lamego – Conservação e Restauro da Capela de São João Evangelista.

– Prémio dos Produtos da Loja (merchandising) – Museu Nacional do Azulejo

– Prémio Coleção Visitável – Museu da Farinha, Menção Honrosa – Núcleo Museológico do Centro Histórico de Avis.

– Prémio Serviço de Extensão Cultural/Serviços Educativos – Museu da Pólvora Negra – Câmara Municipal de Oeiras e Fundação do Museu do Douro

– Prémio Catálogo – Associação Comercial e Industrial de Guimarães –Guimarães: a tradição das cutelarias, Menção Honrosa – Museu da Misericórdia de Viseu: Alberto Correia Tesouro da Misericórdia, Menção Honrosa – Mosteiro de Tibães Corpo e Glória

– Prémio Cooperação Internacional – Embaixada da Bélgica e Embaixada do Canadá


Share This Post On
970x90_logo