Beja: Três mulheres infetadas da Mansão de São José internadas no hospital.

Pin It

Três utentes da Mansão de São José internadas no Hospital de Beja. Há 58 das restantes 80 utentes que vão ser transferidas para a BA11. Falta autorização do CEMGFA.

Mais duas mulheres, utentes da Mansão de São José, deram entrada no Hospital José Joaquim Fernandes, em Beja, na sequência do surto de covid-19 que foi detetado na passada segunda-feira na sequência da testagem positiva de uma utente e de uma funcionária. São três as doentes da instituição internadas de um total de 97 casos positivos, 83 utentes e 14 funcionárias, das 126 pessoas existentes na instituição.

Nas instalações da Mansão, localizadas no centro histórico de Beja, que só recebe mulheres, além dos casos positivos e dos internamentos, entre utentes e funcionárias há ainda a registar 14 casos negativos e 15 inconclusivos, tendo esta dezena e meia sido ontem sujeitos a novos testes, cujos resultados deverão ser hoje conhecidos.

Já durante a manhã desta sexta-feira, cerca de uma centena de utentes e funcionários da Quinta da Navarra, localizada na Estrada Militar, que liga o IP2 à Base Aérea (BA) 11, também em Beja, foram sujeitos a testes efetuados pelo ABC-Algarve Biomedical Center, Centro Académico de Investigação e Formação Médica do Algarve.

Segundo apurou o Lidador Notícias (LN), na reunião de ontem da Comissão Municipal de Proteção Civil de Beja, que entre outras entidades inclui a Autoridade de Saúde Publica da ULSBA, foi decidido que 58 dos 80 utentes infetados do lar feminino vão ser transferidos para as instalações da Base Aérea 11. O pedido formal foi feito ainda ontem ao comando da BA11, que reencaminhou o mesmo para o Estado-Maior da Força Aérea, aguardando-se a autorização do Chefe do Estado-Maior General das Forças Armadas (CEMGFA), Almirante Silva Ribeiro.

Esta operação deverá acontecer ao longo do fim-de-semana, estando a mesma a cargo dos Bombeiros Voluntários e Cruz Vermelha de Beja, estando a ser feito o levantamento da mobilidade dos doentes, por forma a ser feita alocação de viaturas necessárias à operação de transferência da Mansão para a BA11.

Foco no Hospital de Beja

Outra situação que tem preocupado as autoridades tem a ver com o foco que foi detetado no passado dia 24 de setembro no Bloco Operatório do Hospital José Joaquim Fernandes, que no total já registou 36 infetados, estando agora com 14 caos ativos.

O Conselho de Administração (CA) da Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo (ULSBA) atualizou hoje às 10,30 horas a informação relativa à existência de casos de infeção por covid-19 entre profissionais de saúde da ULSBA.

Na página da internet, a ULSBA refere que foram feitos aproximadamente 1.200 testes à covid-9, justificando que o total de infetados no surto é de 36, os recuperados são 22, existindo atualmente 14 infetados e 9 em vigilância ativa com isolamento profilático de 14 dias, disseminados por cinco profissões

Enfermeiros: 17 no surto, 10 curados e 7 ativos, Médicos: 9 no surto, 7 curados e 2 ativos, Assistentes Operacionais: 6 no surto, 4 curados e 2 ativos, Assistentes Técnicos: 2 no surto, 1 curados e 1 ativos e Técnicos Superiores de Diagnóstico e Terapêutica: 2 no surto, 0 curados e 2 ativos.

Teixeira Correia

(jornalista)

 

Pin It
Share This Post On
970x90_logo