Beja: Início do julgamento de violador da sobrinha menor.


Tio que abusou de sobrinha menor dependente começa a ser julgado no Tribunal de Beja. O arguido está em prisão preventiva.

Começa hoje no Juízo Central Criminal de Beja o julgamento do indivíduo, de 56 anos, residente no concelho de Ferreira do Alentejo, cuja sobrinha gravou os abusos sexuais que levaram à detenção do tio abusador.

O arguido, que está em prisão preventiva, responde perante um Coletivo de Juízes, pela autoria material, na forma consumada de três crimes de abuso sexual de menor dependente, praticados contra sobrinha de 15 anos.

Os atos ocorreram entre abril e maio do ano passado, durante a pandemia quando a menina foi viver para casa do tio e foi quando este se aproveitou na menina estar sozinha com ele em casa.

Cansada de sofrer os abusos do tio, num dos dias que percebeu que aquele ia voltar aos abusos e que se este se apercebe-se colocou o seu telemóvel pronto a gravar e registou aquilo que aconteceu.

Avisada a mãe, esta formalizou uma queixa na GNR de Ferreira do Alentejo, que fez chegar o processo à Diretoria do Sul da Polícia Judiciária (PJ), acabando o individuo por ser detido no dia 7 de maio de 2020.

Caso seja condenado, pende sobre o arguido a aplicação das penas acessórias de proibição de ter responsabilidade sobre menores, incluindo responsabilidades parentais, por período fixado entre cinco e vinte anos.

Teixeira correia

(jornalista)


Share This Post On
970x90_logo