Beja: Hospital aumenta e esgota camas de internamento covid-19.


As 54 camas para doentes covid-19 no Hospital José Joaquim Fernandes, estão todas ocupadas. Nos últimos seis dias a ULSBA aumentou mais 26, o número de camas para internamento de infetados.

Na sequência da evolução da pandemia e do consequente aumento do número de doentes covid-19, no distrito de Beja, com necessidade de internamento, a Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo (ULSBA) acrescentou nos últimos 6 dias, mais 26 camas destinadas ao internamento de infetados.

O Serviço de Internamento de Medicina Covid, situado no Piso 3 do Hospital José Joaquim Fernandes, em Beja, que no dia 8 de janeiro tinha 24 camas, tem à data, 46 camas disponíveis,

No internamento de doentes covid na Unidade de Cuidados Intensivos (UCI), as 4 camas de nível III registaram ocupação plena, o que obrigou, a 10 de janeiro, ao aumento para o dobro da capacidade, tendo agora 8 camas. Neste momento, as camas de Internamento e UCI, estão todas ocupadas.

Nos 13 concelhos da área de ação da ULSBA, exceção de Odemira, no último dia do ano registavam-se um total de 2.214 casos confirmados desde o início da pandemia e 644 casos ativos, enquanto que fecho do dia de quarta-feira (Relatório Diário 14-01-2021), havia um total de 3.400 casos e 1.355 casos ativos. Quanto ao número de óbitos, durante os 13 dias de 2021, morreram 30 pessoas, totalizando 87 vítimas mortais.

O conselho de administração da ULSBA refere que em face do aumento do número de camas “foi necessário um rigoroso trabalho de gestão e de afetação de recursos humanos e de equipamento da instituição”, registando que houve “a imediata cooperação das equipas envolvidas e de todo o pessoal que, nas diferentes áreas de trabalho, permitiram a criação das condições para que tudo se concretizasse”.

Teixeira Correia

(jornalista)

 


Share This Post On
970x90_logo