Beja: Carregador elétrico ultrarrápido para automóveis instalado até ao final do ano.


A estação de Beja já foi adjudica à Iberdrola e “coloca” 100 quilómetros na bateria em cinco minutos.

Os postos de carregamento ultrarrápidos para automóveis elétricos são pagos pelo Estado mas concessionados a entidades privadas por dez anos, garantindo o retorno do investimento. As estações de Beja, Bragança e Castelo Branco já foram adjudicadas à Iberdrola.

Cada estação terá a potência de 150 kWh e terá uma tomada para colocar cem quilómetros de autonomia a cada cinco minutos de carga.

O investimento divide-se em três fatias: um milhão de euros para a instalação de 12 postos de carregamento ultrarrápidos; 1,75 milhões de euros para a criação de 10 hubs de carregamento; os restantes 225 mil euros foram utilizados para desenvolver uma nova plataforma para a Mobi.E, a entidade pública que gere a infraestrutura de carga a nível nacional.

Para além de Beja, Bragança e castelo Branco, há outras nove cidades que vão receber estas instalações: Évora, Guarda, Portalegre, Portimão, Santarém, Setúbal, Sintra, Viana do Castelo e Vila Real. O Estado, contudo, teve de dar um choque no projeto.

Com este investimento, o governo quer levar os carregadores mais rápidos do mercado ao interior do país, habitualmente afastados deste tipo de infraestruturas.

Teixeira Correia

(jornalista)


Share This Post On
970x90_logo