Autárquicas 21: Sara Ramos candidata da CDU à Câmara de Odemira.


Sara Ramos, é a cabeça-de-lista da coligação formada pelo PCP e pelo Partido Ecologista “Os Verdes”. É vereadora da oposição naquele município do litoral alentejano, eleita pela CDU, em 2017.

É diretora técnica do Lar de São Teotónio, tem 35 anos e é natural daquela vila do concelho de Odemira, e licenciada em Fisioterapia. Vereadora da oposição naquele município do litoral alentejano, Sara Ramos foi eleita pela CDU, em 2017, tendo sido também candidata comunista nas legislativas de 2015 e de 2019 e integra a Comissão Concelhia de Odemira do PCP.

Esta é a quarta candidatura oficialmente anunciada à Câmara de Odemira, depois de já terem sido revelados os candidatos Arménio Simão, pelo PSD/CDS-PP, Pedro Gonçalves, pelo Bloco de Esquerda, e Hélder Guerreiro, pelo PS.

O atual executivo municipal, liderado pelo socialista José Alberto Guerreiro, que cumpre o terceiro mandato e já não se pode recandidatar, é composto por cinco eleitos do PS e dois da CDU. Em 2017 o candidato do PS conseguiu 55,69% dos votos, contra 23,26% de Sara Ramos, candidata da CDU e 8,92% de Luís Freitas do PPD/PSD. A CDU está afastada da presidência da Câmara de Odemira desde 1997, quando António Camilo (PS) ganhou as eleições.

Desde as primeiras eleições livres do Poder Local, Odemira já teve quatro presidentes de Câmara: Justino Abreu Santos (17 anos) 1976-1993, Cláudio Percheiro (4) 1993-1997, António Camilo (12) 1997-2009 e José Alberto Guerreiro (12) 2009-2021.

Teixeira Correia

(jornalista)


Share This Post On
970x90_logo