Volta a Portugal: Volta ao Conhecimento. Porque a Volta tem Ciência.

A 80ª Volta a Portugal em Bicicleta percorre o país de 1 a 12 de agosto e, pelo terceiro ano consecutivo, o Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (MCTES) acompanha aquela que é considerada a Prova Rainha do ciclismo nacional.

Na edição de 2018 da Volta ao Conhecimento, dezenas de instituições divulgam o Conhecimento produzido pelas instituições de ensino superior e de ciência mostrando a ligação profunda que existe entre a comunidade científica e o território nacional.

A Volta ao Conhecimento arranca esta quarta-feira, dia 1 de agosto, a par da 80ª Volta a Portugal, para 10 etapas repletas de ciência e inovação tecnológica que são a base da relação entre instituições de ensino superior, empresas e regiões.

A iniciativa desenvolvida pela Secretária de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (SECTES), Maria Fernanda Rollo, pretende cumprir o compromisso estabelecido por um País com mais formação, mais ciência, mais cultura, mais conhecimento, procurando:

  • promover o conhecimento do território português, do seu património cultural, natural, científico e tecnológico;
  • estimular a aproximação entre as instituições de ensino superior e os territórios onde estão inseridas;
  • acentuar a importância da formação e do conhecimento, indispensáveis à utilização responsável dos recursos naturais e à preservação e fruição da natureza, reforçando a consciência e o envolvimento dos cidadãos
  • valorizar a afirmação das regiões como contextos de conhecimento, aproximando comunidades e criando ambientes propícios à inovação social, científica, económica e cultural.

Em http://www.voltaaoconhecimento.pt estão disponíveis conteúdos de base científica em torno das 10 Etapas com Conhecimento, tendo em conta as especificidades do território e o seu contexto científico e tecnológico, os quais demonstram que a Volta ao Conhecimento e a Volta a Portugal têm ciência, desenvolvida nos vários territórios e orientada para as comunidades. Os conteúdos estão agregados nas seguintes categorias: História; Património; Música; Literatura; Inovação; Território, Ambiente e Paisagem; Gastronomia; Artes e Ofícios; Saúde; e Desporto. A iniciativa pode igualmente ser seguida através do Facebook e do Twitter.

Diariamente a Volta ao Conhecimento integra o programa da RTP Há Volta durante o qual os investigadores são convidados a divulgar o trabalho realizado no interior das instituições de ensino superior no sentido de melhor conhecer e compreender o território, as paisagens, as pessoas, a sua cultura e as suas tradições, apresentando projetos desenvolvidos na região correspondente a cada uma das etapas.

No programa Há Volta será também lançado, todos os dias, o quizz Conhecimento ao Sprint através do qual os espectadores são motivados a identificar fotografias e a contribuir com informação e dados sobre o território nelas retratado. As respostas serão dadas nas redes sociais através do hashtag #voltaaoconhecimento.

A Volta ao Conhecimento é uma iniciativa da área governativa da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, desenvolvida em parceria com a Volta a Portugal e a RTP, e com a colaboração das instituições de Ensino Superior, do Conselho dos Reitores das Universidades Portuguesas (CRUP), do Conselho Coordenador dos Institutos Superiores Politécnicos (CCISP) e da Agência Nacional de Inovação (ANI).

Share This Post On