Vidigueira: Casal de motards de Ervidel perderam a vida em violenta colisão.

Violenta colisão entre mota e ligeiro de passageiros faz três vítimas mortais. Um casal de motards de Ervidel e um homem da Guarda. Uma possível inversão de marcha pode ter estado na origem do acidente.

Três mortos, dois homens e uma mulher e um ferido muito grave e dois feridos ligeiros, foi o resultado de uma violenta colisão entre um veículo ligeiro de passageiros, um automóvel Audi e uma mota, Kawazaki ZZR 1200, ocorrida ontem no IP2 a cerca de 3 quilómetros de Vidigueira.

Duas das vítimas são um casal de motards, Rogério Nita, de 40 anos, e Célia Teixeira, de 41 anos, residentes em Ervidel, concelho de Aljustrel, e o condutor do ligeiro de passageiros, José Barata, residente na Guarda, com cerca de 51 anos. Os dois homens morreram no local do acidente, enquanto a mulher viria a falecer depois de ter dado entrada no Serviço de Urgência do Hospital de Beja.

A esposa do condutor do automóvel, foi levada para o bloco operatório para ser sujeita a uma intervenção cirúrgica, encontrando-se em estado considerado como muito grave, com graves lesões internas. Os feridos ligeiros são os filhos do casal de 5 e 9 anos, que seguiam também no carro, que foram apoiados no hospital por psicólogos da instituição.

O automóvel e a mota seguiam no sentido sul/norte, entre Beja e Vidigueira, e apesar do acidente estar a ser investigado pelos militares do Núcleo de Investigação Criminal de Acidentes de Viação (NICAV) da GNR de Beja, tudo aponta para que o condutor do ligeiro de passageiros tenha iniciado uma inversão de marcha, não se tendo apercebido da mota, uma vez que a colisão se deu no lugar do condutor.

O alerta para o acidente, que cortou a circulação no IP2 durante quatro horas e obrigou ao desvio do trânsito para a EM 1010 por Vila de Frades (Vidigueira), foi dado às 18,31 horas e no local estiveram 31 operacionais dos Bombeiros de Vidigueira e Portel, VMER do Hospital de Beja e GNR apoiados por 12 veículos.

Os cadáveres das três vítimas mortais foram levados para o Gabinete Médico-legal de Beja, onde serão autopsiados na segunda-feira.

Teixeira correia

(jornalista)

Share This Post On
970x90_logo