Your SEO optimized title

Baleizão/ Beja: Despiste contra pinheiro mata empresário do ramo automóvel.

Um condutor, 58 anos, morreu esta manhã na sequência de um violento despiste na Estrada Nacional (EN) 260, junto ao cruzamento de Baleizão, concelho de Beja.

O acidente ocorreu poucos minutos depois das 09,00 horas, quando a viatura de mercadorias conduzido por Guilhermino Ramos, natural e residente em Pias, concelho de Serpa, seguia no sentido de Beja, procedente de Serpa, saiu da estrada e embateu violentamente num pinheiro de grande porte, causando a morte do condutor.

O local onde se deu o acidente é uma curva aberta, seguida de uma longa reta. A viatura descreveu a curva e foi embater na árvore. No local não há qualquer sinal de travagem. Doença súbita ou excesso de velocidade são as duas hipóteses que a GNR está a investigar.

O óbito da vítima foi declarado no local pelo médico da VMER de Beja, tendo o corpo sido levado para o Gabinete Médico-Legal de Beja, onde será autopsiado.

Duarte Silva, um trabalhador agrícola, que foi o primeiro a chegar ao local, ao LN disse que “era uma nuvem de fumo tive medo que o carro explodisse. Consegui abrir a porta e o homem ainda respirava. O socorro chegou rápido, mas o homem veio a morrer”, concluiu.

Guilhermino Ramos, é um empresário do ramo do sector de peças para automóveis, estabelecido em Beja, onde trabalha com o filho. É um antigo jogador de futebol do Piense (na foto é o segundo na fila de cima, da esquerda para a direita, assinalado com um circulo. Foto da conquista do título de Campeão Distrital em 1986) , Serpa e Moura.

No socorro à vítima estiveram envolvidos 7 operacionais e duas viaturas dos Bombeiros de Beja, a viatura médica de emergência e reanimação (VMER) do Hospital de Beja, 2 viaturas e 4 operacionais do Destacamento de Trânsito de Beja e uma viatura e 2 militares do Núcleo de Investigação de Acidente de Viação (NICAV).

Teixeira Correia

(jornalista)

Share This Post On