TECNOCRÓNICA (Opinião de Admar Dias): ligação à net, anúncios e um cronómetro.

Por norma tendemos a acreditar que uma boa ligação de Wi-Fi é mais rápida do que uma ligação via dados móveis mas, segundo a OpenSignal, tal é bem assim.

O estudo da analista mostra que, apesar do Wi-Fi ser claramente superior em países como Hong Kong, Singapura, Coreia do Sul e Estados Unidos, a internet móvel LTE acaba por ser mais rápida em países como Líbano, Austrália, Qatar, Omã e Grécia.

Os dados móveis chegam a superar a rede wireless em 25Mbps; é o que acontece no Líbano.

A OpenSignal sugere que as fabricantes e os utilizadores devem repensar a forma como vêm e utilizam a internet, uma vez que a lógica vigente nos leva a pensar automaticamente que o Wi-Fi é mais consistente que os dados móveis quando, na realidade, isso nem sempre se verifica.

A entrada do 5G no mercado pode ainda alargar esta diferença e levar a um ajustar das expectativas que os utilizadores têm face à internet que utilizam nos seus equipamentos.

Pode consultar o estudo através do link https://opensignal.com/reports-data/global/data-2018-11/state_of_wifi_vs_mobile_OpenSignal_201811.pdf

O estudo da Marktest Consulting ‘Os Portugueses e as Redes Sociais 2018’ revela que 71% dos jovens dos 15 aos 24 anos seguem figuras públicas nas redes sociais.

No total de inquiridos deste estudo, 47,8% dos portugueses com perfis nas redes sociais admitiu seguir um ou mais famosos nestas plataformas e este valor sobe entre os jovens.

As preferências recaem sobre Cristiano Ronaldo (28%), Cristina Ferreira (10,2%) e Rita Pereira (7,9%), mas há novas tendências, nomeadamente os Youtubers, VBloggers e Social media personalities.

Segundo a Marktest, a rede social mais mencionada pelos inquiridos é o Facebok, mas o Instagram tem crescido mais no que diz respeito a pessoas que seguem famosos.

O Youtube quer começar os seus vídeos com dois anúncios automáticos.

A intenção é acabar com as interrupções a meio das visualizações, retirando daí os segundos de publicidade.

De acordo com o Mashable, esta medida vai fazer com que os utilizadores passem por menos 40% de interrupções durante as imagens.

O YouTube reconheceu, através de um comunicado, que os utilizadores se tinham tornado bastante sensíveis às interrupções, especialmente durante um vídeo longo.

Inicialmente a experiência vai ser feita apenas na versão desktop e mais tarde nos telemóveis e nas televisões.

Esta mudança agrada também aos publicitários que, segundo a plataforma, podem vir a registar um aumento de 8 a 11% de alcance em experiências feitas no início dos vídeos.

O Facebook já permite aos utilizadores verificarem quanto tempo passam por dia na aplicação para telefones móveis.

A opção chama-se ‘O tempo que passaste no Facebook’ e já está disponível para alguns utilizadores da rede social em Portugal.

Este é o procedimento: abra a aplicação no telefone; abra o menu deslizante no canto superior direito; faça scroll down até ‘Definições e privacidade’ e clique nesta opção.

De seguida, basta clicar no separador ‘O tempo que passaste no Facebook’ e abre-se um gráfico que lhe mostra quanto tempo passa por dia na aplicação, incluindo a conversar no serviço de mensagens.

Os resultados podem dar a alguns utilizadores o impulso necessário para rever os seus hábitos na internet. O mesmo separador contém ainda a opção ‘Configurar lembrete diário’, que dá aos utilizadores a possibilidade de estabelecer um limite para o tempo que quer passar por dia na rede social. E quando este valor for atingido dispara um alerta.

No cinema, esta semana chega às salas a película “Yardie”, um thriller realizado por Idris Elba (não é engano, este filme marca a estreia do ator no papel de realizador).

No elenco destacam-se os nomes de Antwayne Eccleston, Fraser James e Aml Ameen.

“Yardie” leva-nos à capital da Jamaica, Kingston, e conta-nos a história de Dennis. Ainda rapaz ele assistiu ao assassinato do irmão mais velho, pelas mãos de marginais, dez anos depois, tornou-se ele próprio membro de um gang ligado ao comércio de estupefacientes. Agora, um conhecido criminoso e produtor musical incumbe-o de uma tarefa arriscada: viajar até Londres e entregar um pacote de cocaína. Quando Dennis percebe que o assassino do seu irmão também se encontra em Inglaterra, decide que é chegado o momento de vingar a sua morte.

O trailer deste filme que se encontra em competição no festival de Cinema de Sundance pode ser visualizado em https://www.youtube.com/watch?v=4veZWsMIUZE

Share This Post On