TECNOCRÓNICA (Opinião de Ademar Dias): progressos, melhorias e mundo dos videojogos em destaque.

Na Austrália, investigadores bateram todos os recordes de velocidade de internet.

Ademar Dias

Jornalista

Rádio Horizonte Algarve/ Tavira

A partir de uma única fonte de luz, a equipa foi capaz de chegar à velocidade de 44.200 gigabytes por segundo.

O ponto mais importante desta investigação é que os investigadores foram capazes de atingir esta velocidade utilizando a infraestrutura de comunicação já existente. A novidade foi a utilização de um novo equipamento, conhecido como “micro-pente” que é menor e mais leve que o hardware atualmente utilizado.

Um dos objetivos deste estudo é dar resposta às crescentes necessidades de tráfego online da sociedade atual.

O futuro parece sorrir a quem não consegue esperar um único segundo na internet.

A Google anunciou uma novidade para o seu serviço de vídeos. O YouTube tem agora uma nova função que vai lembrar os utilizadores de que é hora de ir dormir e devem desligar a aplicação.

A ideia é ajudar a combater o vício e o descontrolo dos utilizadores que assim podem atingir uma maior quantidade e qualidade de sono.

O “bedtime reminders”, ou Lembrete para Dormir, encontra-se junto a outros lembretes de descanso que o YouTube já havia implementado em maio de 2018. A diferença é que esta nova funcionalidade é específica para horários noturnos.

Para ativar esta funcionalidade deve abrir o YouTube, ir às definições e depois a opção “Lembrete da hora de dormir” deve aparecer-lhe abaixo da opção “Lembrete para fazer uma pausa”.

A Sleep Standards estudou de que forma o uso da Netflix afeta o seu sono.

Segundo o estudo americano, mais de metade dos inquiridos (55,7%) diz dormir entre 6 a 7 horas. Um quarto diz que consegue dormir mais do que 7 horas e 14% dorme de 5 a 6 horas. 4,3% indica dormir entre 4 a 5 horas e somente 1% confessa que dorme menos do que 4 horas.

Fazendo as contas, 74,98% dos utilizadores Netflix não conseguem dormir pelo menos 7 horas por noite.

Quando questionados se a utilização da Netflix trouxe algum género de problema no sono, a maioria com 46% respostas diz que começou a ter algum problema em dormir.

As pessoas queixam-se de falta de sono, de só ter sono de manhã e de acordar durante a noite e não conseguir voltar a adormecer. Indicam ainda que se sentem depressivas, ansiosas e que têm pesadelos.

No entanto, apenas 319 pessoas diz não ter qualquer problema de sono.

A PlayStation 2 é a consola mais vendida da história, uma posição que deve manter apesar da hegemonia da PlayStation 4 na atual geração.

Os dados publicados pelo LearnBonds, numa análise que utilizou, entre outros, os números registados pelo VGchartz, mostram que a PlayStation 2 vai mesmo continuar tranquilamente no topo da tabela das máquinas de jogo mais vendidas da história.

A portátil Nintendo DS foi a única a chegar perto dos números da PS2, mas neste caso num segmento diferente. Trata-se de uma consola caseira e portátil, uma separação que acabou depois do lançamento da Nintendo Switch, que também ocupa um lugar respeitável na lista (13º), apesar de estar longe do fim de ciclo.

Outro dado interessante sobre as consolas da Sony é o facto de serem particularmente populares nos países europeus.

De acordo com a gameplaymechanix, o grupo da CD Projekt Red é a companhia de videojogos mais valiosa da Europa. O estúdio polaco ultrapassou a francesa Ubisoft tornando-se líder em termos de capitalização de mercado.

Atualmente, a Ubisoft vale algo como 7.82 mil milhões de euros, enquanto que o valor da CD Projekt Red ascende aos 8.01 mil milhões. Ainda assim é importante ter em conta que a CDPR teve um lucro líquido de 38 milhões de euros no ano de 2019 enquanto que a Ubisoft lucrou 416 milhões de euros só no terceiro trimestre de 2019.

A diferença nestes valores deve-se em grande parte ao fato da Ubisoft ter lançado vários jogos ao longo do ano passado e de ter vários serviços que geram lucro constantemente através de subscrições e microtransações. A CDPR não lança um jogo há cerca de 5 anos, sendo a GOG (plataforma de distribuição digital de jogos eletrónicos e filmes) o maior motor de lucro para o grupo atualmente.

Resta dizer que Cyberpunk é o novo trunfo da CD Projekt Red, videojogo que está ainda a meses do seu lançamento.

Share This Post On
970x90_logo