TECNOCRÓNICA (Opinião de Ademar Dias): novo navegador, balanços do ano e mais alguma coisa.

Um relatório da empresa de capital de risco Atomico, realizado em parceria com a Slush e a Orrick, dá uma visão da evolução da tecnologia na Europa, indicando que este é mais um ano recorde, com a tecnologia do “Velho Continente” a crescer cinco vezes mais rapidamente e a chegar aos 23 mil milhões de dólares de investimento face aos 5 mil milhões de 2013.

Recorrendo a estatísticas de várias fontes, como o LinkedIn, Meetup e Dealroom.co, combinadas com um inquérito a 5 mil pessoas de toda a Europa, o relatório aborda várias áreas, incluindo a diversidade e inclusão, assim como de investimento e disponibilidade de fundos de pensões.

A dinâmica identificada no sector das tecnologias reflete-se também em Portugal, onde o emprego em tecnologia está a crescer a 6,4%, face ao ano anterior, ficando apenas atrás da França, que subiu 7,3%.

O relatório revela também que a comunidade de programadores portugueses é a que cresce mais rapidamente na Europa, um crescimento de 16,2% face a uma média europeia de 4,2%.

Segundo o Windows Central, a Microsoft encontra-se a trabalhar num novo navegador de Internet que substitua o atual Microsoft Edge.

A informação veiculada revela que o navegador em questão tem como nome de código Anaheim e usa o mesmo ‘motor’ utilizado pelo Google Chrome, o Chromium.

O objetivo é evitar os problemas de desempenho do Edge, procurando assim rivalizar mais eficazmente com o navegador de Internet.

Para já a Microsoft ainda não confirmou o projeto, mas é expectável que o faça nos próximos tempos.

O Spotify começou a fazer o balanço do ano de 2018 e revelou que o artista masculino mais ouvido foi Drake, com Ariana Grande a liderar a tabela feminina.

Quanto às músicas, ‘God’s Plan’ de Drake foi a faixa mais ouvida no serviço de streaming, com o rapper canadiano a ter ainda o reconhecível ‘In My Feelings’ na quinta posição.

O Spotify dá ainda conta do crescimento do género EMO Rap, um género representado pela música ‘SAD!’ de XXXTENTACION que ocupa o segundo lugar na lista das faixas mais ouvidas do ano. O rapper recentemente falecido tem ainda o álbum ‘?’ no terceiro lugar dos mais ouvidos do ano.

Já na primeira posição dos álbuns mais ouvidos, Drake volta a ocupar o primeiro lugar com o disco ‘Scorpion’ e que marcou o último verão.

A publicação norte-americana Billboard, que publica semanalmente os tops de música dos Estados Unidos e não só, revelou a tabela dos maiores artistas alternativos desde que compila tabelas dedicadas ao género musical.

Os Foo Fighters surgem em primeiro posto, mas o vocalista Dave Grohl tem ainda outra aparição enquanto baterista, uma vez que os Nirvana surgem na 21ª posição.

O segundo lugar dos Red Hot Chili Peppers e o terceiro dos Green Day completam o pódio dos “maiores artistas alternativos de todos os tempos” da Billboard.

Quanto às canções, ‘Uprising’ dos Muse é a canção alternativa mais bem-sucedida de sempre.

Aqui fica a lista dos Maiores Artistas Alternativos de Todos os Tempos da Billboard, ordenada do 1º para o 20º posto: Foo Fighters, Red Hot Chili Peppers, Green Day, Linkin Park, U2, R.E.M., Pearl Jam, Incubus, Weezer, The Offspring, Bush, The Smashing Pumpkins, Muse, Blink-182, Cage The Elephant, Imagine Dragons, The Cure, Stone Temple Pilots, Staind e Three Days Grace.

E agora as Maiores Canções Alternativas de Todos os Tempos da Billboard, ordenadas da mesma forma: Muse – ‘Uprising’, Rise Against – ‘Savior’, Feel It Still – Portugal. The Man, Muse – ‘Madness’, Foo Fighters – ‘The Pretender’, Imagine Dragons – ‘Radioactive’, Cold War Kids – ‘First’, Fuel – ‘Hemorrhage (in My Hands)’, Peter Murphy – ‘Cuts You Up’, Incubus – ‘Drive’, The Neighbourhood – ‘Sweater Weather’, Marcy Playground – ‘Sex and Candy’, Arctic Monkeys – ‘Do I Wanna Know?’, Green Day – ‘When I Come Around’, Nickelback – ‘When You Remind Me’, Lit – ‘My Own Worst Enemy’, Live – ‘Lightning Crashes’, Oasis – ‘Wonderwall’ e Staind – ‘It’s Been Awhile’.

No cinema, chega agora às salas uma longa metragem de ação/aventura escrita por Peter Jackson, Fran Walsh e Philippa Boyens, trio que já conhecemos das trilogias “O Hobbit” e “O Senhor dos Anéis”.

O filme “Engenhos Mortíferos” é realizado por Christian Rivers e no elenco destacam-se os nomes de Hugo Weaving, Hera Hilmar, Robert Sheehan e Anna Fang.

Esta película passa-se centenas de anos após a civilização ter sido destruída por um cataclismo e uma jovem misteriosa, Hester Shaw (Hera Hilmar), surge como a única pessoa capaz de parar Londres – agora uma cidadade gigante e predadora sob rodas – de devorar tudo no seu caminho.

Selvagem e conduzida intensamente pela memória da mãe, Hester une forças com Tom Natsworthy (Robert Sheehan), um marginal de Londres, juntamente com Anna Fang (Jihae), uma criminosa de perigo com a cabeça a prémio.

Aqui fica o link para o trailer: https://www.youtube.com/watch?v=CvXLj61JOdc

Share This Post On