TECNOCRÓNICA (Opinião de Ademar Dias): muitos estudos e mais alguns números.

Os jovens portugueses não conseguem avaliar se a informação ‘online’ é fiável, segundo um estudo que revela que quase metade dos alunos do 8.º ano só consegue executar “tarefas elementares” de recolha e gestão de informação.

Nasceram e cresceram rodeados de tecnologia mas afinal a maioria dos jovens de 13 e 14 anos, conhecidos como “nativos digitais”, não tem assim tanta habilidade a usar as tecnologias de informação, revela um estudo internacional que testou os conhecimentos de mais de 46 mil estudantes de 12 países e dois sistemas educativos. Entre estes alunos, estão cerca de três mil estudantes de 215 escolas portuguesas.

O resultado é claro: só 1% dos jovens portugueses conseguiu selecionar a informação mais relevante e foi capaz de avaliar a utilidade e fiabilidade da informação para criar produtos de informação. E do total dos 46 mil alunos, apenas 2% demonstrou ter capacidade para aceder de forma critica a informação ‘online’.

Portugal integra pela primeira vez o grupo de países onde melhor se fala inglês no mundo.

Segundo o relatório anual da EF English Proficiency Index (uma empresa de educação internacional focada na linguagem, formação e experiência cultural), “Portugal é o 12.º país do mundo onde melhor se fala inglês”, alcançando pela primeira vez o nível de proficiência “muito elevada”.

A análise revela ainda que o Porto é a cidade onde melhor se fala inglês em Portugal.

Quanto ao género, o relatório revela que, ao contrário do que sucedia na edição anterior do estudo, os homens portugueses obtiveram este ano melhores resultados do que as mulheres.

A Holanda lidera o ranking, pela quarta vez em nove anos. A Suécia está no segundo lugar e a Noruega completa o pódio.

Os fins de semana de três dias aumentam a produtividade. A conclusão tem origem no Japão, mas pode muito bem acontecer o mesmo no Ocidente.

No Oriente, a produtividade da Microsoft Japão aumentou 40% em agosto, período em que a empresta concedeu fins de semana de três dias, medida testada junto dos 2.300 colaboradores e com a qual se obtiveram resultados surpreendentes.

Na prática os funcionários não trabalharam as cinco sextas-feiras de agosto, mas também não perderam um cêntimo ou gastarem um dia de férias ou folgas, usufruindo de fins de semana prolongados nesse mês.

Nos quatro dias de trabalho a duração das reuniões foi reduzida para 30 minutos e grande parte acabou por ser cancelada, optando a empresa por realizá-las online, através de chats.

Ao passarem menos 20% do tempo na empresa registou-se num aumento de produtividade de 39,9%, bem como se registaram poupanças nas faturas da eletricidade e do material de escritório. A Microsoft Japão gastou menos 23,1% de eletricidade em agosto e os trabalhadores imprimiram menos 58,7% páginas.

No total, 92,1% dos colaboradores gostaram da experiência.

Uma equipa de investigadores do UCL Ear Institute acredita que o cérebro humano leva apenas 100 a 300 milésimos de segundo a reconhecer uma música familiar.

O estudo científico contou com a participação de cinco homens e cinco mulheres que escolheram uma música familiar e foram convidados a combiná-la com uma música desconhecida, com ritmo, melodia, harmonia, voz e instrumentos semelhantes. Os cientistas acompanharam a atividade cerebral dos dez participantes enquanto estes ouviam 100 trechos de músicas desconhecidas e familiares.

No final, os cientistas descobriram que os cérebros dos participantes identificavam as músicas que reconheciam entre 100 e 300 milésimos de segundo, ou seja, num piscar de olhos.

Um inquérito da Valve revela que a gráfica mais utilizada no Steam é a NVIDIA GeForce GTX 1060 (mais de 14% dos inquiridos), com a NVIDIA GeForce GTX 1050 Ti a surgir no segundo lugar (9.66%).

Quanto à AMD, a gráfica mais popular é a Radeon RX 580, usada por 1.54% dos inquiridos.

O relatório da Valve mostra ainda que a quantidade de RAM mais popular é de 8GB (36.81% dos inquiridos), seguida de perto pelos 16GB (35.48%).

Quanto às resoluções mais utilizadas pelos jogadores no Steam, apenas 1.74% dos utilizadores jogam os seus jogos a 3840×2160, mais conhecida como 4K nativa. Com 64.58% dos utilizadores, a resolução mais utilizada é 1920×1080, a 1080p nativa.

E no cinema, destaque para a estreia de um filme de ação que nos leva de volta à Segunda Guerra Mundial.

“Midway”, do consagrado realizador Roland Emmerich, conta com um elenco de renome, com destaque para as presenças de atores como Woody Harrelson, Mandy Moore, Patrick Wilson, entre outros.

Esta película recria os dias da famosa batalha de Midway, um confronto entre a Frota Norte-Americana e a Marinha Imperial Japonesa que mudou o rumo dos acontecimentos no teatro de guerra do Pacífico durante a Segunda Guerra Mundial. O filme baseia-se em eventos verídicos e heróis verdadeiros, narrando a história da audácia e da coragem, de ambos os lados, naquela que foi a mais longa batalha marítima deste confronto bélico.

Trailer do filme em https://www.youtube.com/watch?v=WGJKR2Aw6b0

Share This Post On
970x90_logo