TECNOCRÓNICA (Opinião de Ademar Dias): fake news, mobile e muita música.

A Comissão Europeia considerou que “a desinformação é a doença do século”! A instituição frisa que os esforços das plataformas digitais “nunca serão suficientes” para combater a propagação de notícias falsas na internet.

Ademar Dias

Jornalista

Rádio Horizonte Algarve/ Tavira

“No que toca à desinformação, nunca vamos fazer o suficiente, esta é a doença do século”, afirmou o comissário europeu do Mercado Interno, Thierry Breton.

“Temos cinco ou seis comissários a trabalhar nesta área e […] se as medidas em vigor não tiverem efeito, teremos de avançar para uma regulação mais reforçada”, acrescentou o comissário.

A título de exemplo, no início do mês, a Comissão Europeia recelou estar a registar, diariamente, mais de 2.700 artigos com ‘fake news’ relacionadas com a covid-19 nas redes sociais, entre publicações falsas ou enganosas.

A procura dos serviços de streaming disparou com o isolamento devido à pandemia de COVID-19 e o mesmo aconteceu com os videojogos para smartphones.

De acordo com a Sensor Tower, o mercado mobile registou nos primeiros três meses do ano o seu melhor trimestre de sempre. Foram mais de 13 mil milhões de instalações da App Store e Google Play. Em comparação, o registo foi de mais de dois mil milhões de downloads superior aos números registados no terceiro trimestre de 2019, até então o recorde.

Em termos de crescimento, na App Store o crescimento foi de 35% no primeiro trimestre de 2020, face ao mesmo período do ano passado, para 3 mil milhões de downloads; enquanto que na Google Play, o crescimento foi de 38%, com 10,3 mil milhões de instalações. Ou seja, um recorde absoluto para ambas as lojas de aplicações.

Continuamos no campo do streaming, com o Spotify a lançar para a versão de testes da sua aplicação móvel uma opção que permite ao utilizador ouvir os temas com o seu grupo de amigos, ultrapassando a distância.

A opção, de nome Group Sessions, dá ao administrador, ou host, o comando de toda a atividade do grupo. Este envia um código, possivelmente QRCode, para que os outros participantes possam entrar na sessão.

Depois, os convidados podem controlar as músicas de diversas formas, como fazer pausa, reproduzir, avançar, retroceder e ainda adicionar ou remover faixas da lista de reprodução. Todas as alterações efetuadas serão atualizadas nas contas de todos os elementos presentes.

Ainda não se sabe quantas pessoas são permitidas em cada sessão, mas o Spotify adiantou que este recurso “vai evoluindo com o tempo, de acordo com o feedback dos utilizadores“.

O disco dos Pink Floyd “Dark Side of the Moon” tornou-se no primeiro LP a passar 950 semanas (mais de 18 anos) no top de vendas da Billboard.

O álbum ocupa agora o 193º lugar da lista, classificação que não é relevante mas que garantiu o recorde inédito e que dificilmente será batido (pelo menos num futuro próximo).

É que, segundo a revista Forbes, apenas “Legend”, de Bob Marley com os Wailers, pode vir a destronar a posição do disco dos Pink Floyd, uma vez que integra o top 200 da Billboard há já 625 semanas.

“Dark Side of the Moon” foi lançado a 1 de março de 1973 e chegou a ocupar o primeiro lugar das tabelas, não só nos Estados Unidos como também em países como o Canadá e a Áustria.

Temos mais música, nomeadamente com as 10 melhores canções para combater o stress.

O holandês Jacob Jolin elaborou uma fórmula que permite determinar quais as canções que mais deixam as pessoas felizes.

As canções eleitas por este neurocientista possuem todas um ritmo entre 140 e 150 BPMs (mais que a canção pop “típica”, que tem em média 118 BPMs), o que combinado com as letras e o tom fazem delas as canções mais “boa onda” que se podem encontrar.

Jacob Jolin é peremptório: estas são as canções mais felizes do mundo e são ideais para tempos de incerteza e ansiedade como aqueles que vivemos.

Esta é a lista:

  1. Queen, ‘Don’t Stop Me Now’
  2. ABBA, ‘Dancing Queen’
  3. Beach Boys, ‘Good Vibrations’
  4. Billy Joel, ‘Uptown Girl’
  5. Survivor, ‘Eye of the Tiger’
  6. The Monkees, ‘I’m a Believer’
  7. Cyndi Lauper, ‘Girls Just Want to Have Fun’
  8. Bon Jovi, ‘Livin’ on a Prayer’
  9. Gloria Gaynor, ‘I Will Survive’
  10. Katrina and the Waves, ‘Walking on Sunshine’
Share This Post On
970x90_logo