TECNOCRÓNICA (Opinião de Ademar Dias): contas falsas, inovações tecnológicas e prémios.

O Facebook anunciou que, entre abril e setembro deste ano, desativou 3,2 mil milhões de contas falsas. Este valor é mais do dobro das 1,5 mil milhões de contas desativadas no mesmo período em 2018, sendo a sua maioria controlada por robôs.

Segundo a empresa liderada por Mark Zuckerberg, foram ainda eliminados 11,4 milhões de conteúdos que incitavam ao ódio, 18,5 milhões de mensagens removidas por conter nudez ou exploração sexual infantil, 4,5 milhões relacionadas com suicídios ou danos pessoais e 5,7 milhões relacionadas com assédio de outros utilizadores.

E pela primeira vez o Facebook forneceu dados sobre o Instagram. Na outra rede social do grupo foram removidos 1,2 milhões de conteúdos por nudez infantil, 1,7 milhões por conteúdos de suicídio e automutilação, e três milhões em anúncios de venda de droga e armas.

A Google pretende ter um serviço de tradução com mais informações ou significados de palavras noutros idiomas. Uma prioridades passa por ter uma ferramenta de pronúncia mais avançada. Em vez de apenas ouvir como se diz determinada palavra, o utilizador vai poder praticar a pronúncia e receber o feedback em tempo real.

Quando clicar em ‘como pronunciar’, seguido da palavra noutro idioma, o Google vai mostrar o áudio da pronúncia correta e dar-lhe opções para treinar. Ao clicar em ‘praticar’, o utilizador pode pronunciar a palavra em voz alta e submeter para avaliação.

O recurso é ainda experimental e limita-se a inglês americano. Segue-se o castelhano (espanhol). Quanto ao português, ainda não tem data de lançamento.

Outra novidade está também a caminho: imagens relativas à palavra que pesquisa (função disponível apenas para substantivos).

Os deficientes visuais vão poder, num futuro próximo, seguir os jogos de futebol com as pontas dos dedos, através de um sistema tátil de retransmissão em diferido, apresentado pelo Banco Santander.

Falamos do sistema Fieeld, uma inovação tecnológica criada pelo grupo Havas e desenvolvida em conjunto com aquela entidade bancária, que permite seguir em diferido os movimentos da bola e a trajetória das jogadas usando as pontas dos dedos, através de um aparelho que converte os dados recolhidos, seguindo os jogadores e replicando cada jogada.

Em comunicado, a instituição refere que “o projeto procura, agora, um sócio tecnológico a fim de ampliar o seu desenvolvimento e, posteriormente, uma possível comercialização”.

Está a chegar mais uma edição dos The Game Awards, a cerimónia produzida por Geoff Keighley que tem como objetivo premiar os melhores videojogos lançados no último ano.

Ao todo serão considerados 107 jogos, os quais se encontram distribuídos por diferentes categorias. As nomeações foram feitas por um júri composto por 80 publicações e influencers especializados, com a decisão final a caber aos jogadores através de uma votação online.

A liderar as nomeações estão ‘Death Stranding’ da Kojima Productions e ‘Control’ da Remedy Entertainment, que têm respetivamente oito e sete nomeações, entre elas para Jogo do Ano.

A cerimónia The Game Awards terá lugar no dia 12 de dezembro.

No cinema, vamos à guerra com o filme “Perigo Iminente” (“Danger Close: The Battle of Long Tan” no título original.

Esta película de ação realizada por Kriv Stenders conta com o antigo protagonista da série “Vikings”, Travis Fimmel, como destaque do elenco, no qual surgem ainda nomes como os de Luke Bracey ou Richard Roxburgh.

Aqui regressamos à guerra do Vietname, mas para acompanhar os 108 jovens soldados australianos e neozelandeses que, durante três horas e meia, sob chuva torrencial, lama e árvores caídas numa plantação de borracha chamada Long Tan, lutaram pelas suas vidas contra uma esmagadora força inimiga de 2.500 soldados vietcongues e norte-vietnamitas endurecidos pela batalha.

Trailer em https://www.youtube.com/watch?v=JS2Z_F_cBes&feature=emb_logo

Share This Post On
970x90_logo