TECNOCRÓNICA (Opinião de Ademar Dias): coisas de computadores, videojogos e cinema.

O mercado global de PCs cresceu de forma consistente em 2019 pela primeira vez desde 2011.

Ademar Dias

Jornalista

Rádio Horizonte Algarve/ Tavira

A estimativa é da IDC que fala de um aumento de 2,7% em relação a 2018, e da Gartner, que acredita num crescimento de 0,6%, com base em dados preliminares do último trimestre de 2019 da International Data Corporation.

Quer IDC quer Gartner apontam as atualizações do Windows 10 como a causa desta recuperação e a sua crescente procura, uma vez que o seu antecessor, o Windows 7, está em fim de ciclo.

De notar que as duas empresas contam os equipamentos de uma forma ligeiramente diferente. Ambas incluem desktops, notebooks e tablets destacáveis como o Surface, mas a Gartner exclui os Chromebooks.

Ainda no que a computadores diz respeito, falamos agora de ransomware.

O WannaCry foi o ransomware que mais infeções fez em 2019. Trata-de de algo que podemos considerar surpreendente, pois para além da antiguidade (o WannaCry surgiu em 2017) já surgiram soluções para proteger os utilizadores e os seus dados.

Segundo avança a Precise Security, 23% das máquinas afetadas por problemas tinham este ransomware presente.

Destaque ainda para a forma de propagação deste ransomware. 67% dos casos tiveram como forma de propagação um email de spam e de phishing. Segue-se a falta de formação de segurança, passwords fracas e acesso à gestão. Apenas 16% dos ataques de ransomware vieram de sites maliciosos e anúncios nas páginas web.

O Facebook Gaming é cada vez mais popular no universo de plataformas streaming online de videojogos.

O Twitch continua a liderar na tabela da popularidade, mas a concorrente da casa de Mark Zuckerberg registou um crescimento de 5,4% em 2019, passando a deter 8,5% da totalidade deste mercado.

De acordo com o relatório da StreamElements, nos últimos três meses do ano passado, a plataforma do Facebook cresceu 210% no número de horas visualizadas. Os especialistas indicam que o crescimento se deve ao facto de os espetadores passaram mais tempo a ver não só os streamers existentes na plataforma, mas também as novas apostas que nela existem. Além disso, em comparação com 2018, houve um aumento de 63% no número de horas transmitidas por estes streamers.

YouTube Gaming e Mixer são outras plataformas de streaming online de videojogos que surgem em bom plano.

Continuamos no universo dos videojogos para apresentar as escolas dos utilizadores do Metacritic para o Jogo da Década elegem The Last of Us como Jogo da Década

Para os utilizadores do Metacritic, o melhor jogo dos últimos 10 anos foi The Last of Us / The Last of Us Remastered, com 331 menções.

Em segundo lugar ficou The Legend of Zelda: Breath of the Wild, com 163 menções e em terceiro The Witcher 3: Wild Hunt, com 118 menções. Red Dead Redemption 2 aparece em quarto com 63 menções.

E desse lado, o que achas destes resultados? Concordas ou tens diferente opinião?

Avançamos para o cinema e para os números apresentados pelo Instituto do Cinema e Audiovisual (ICA) naquele que é o balanço do ano de 2019.

Segundo o ICA, no ano passado e face a 2018, as salas portuguesas de cinema registaram um aumento de cerca de 5%, tanto em número de espetadores como em receita de bilheteira.

Um total de 15,5 milhões de espectadores foram ao cinema em 2019, o que representa mais 740 mil entradas do que no ano anterior, enquanto a receita de bilheteira se fixou em 83,1 milhões de euros, mais 4,4 milhões de euros do que em 2018.

Quanto aos filmes mais vistos do ano, destaque para “O Rei Leão”, “Joker”, “Vingadores: Endgame” e “Toy Story 4”.

Esta nova versão de “O Rei Leão” registou 1.280.743 espectadores e 6,9 milhões de euros de receita de bilheteira, o que faz dele o filme mais visto de sempre em Portugal destronando “Avatar”, de James Cameron, lançado em 2009.

Terminamos com a estreia da semana e apresentamos “Bad Boys Para Sempre” (“Bad Boys For Life” no título original).

Adil El Arbi e Bilall Fallah dividem as tarefas de realização desta película de ação que volta a colocar Will Smith e Martin Lawrence nas ruas de Miami, a dar corpo aos detectives Mike Lowrey e Marcus Burnett, do Departamento de Narcóticos.

Agora, ao mesmo tempo que lidam com problemas a nível pessoal – que incluem mudanças de carreira, envelhecimento e crises de meia-idade –, vão ter de enfrentar Armando Armas, o líder do mais perigoso cartel de drogas a atuar em todo o estado da Flórida.

Trailer em https://www.youtube.com/watch?v=GphoHl0oSVI&feature=emb_logo

Share This Post On
970x90_logo