TECNOCRÓNICA (Opinião Ademar Dias): consumo de net, wikis e outras novidades das gigantes tecnológicas.

No próximo ano, a internet vai superar a televisão em tempo médio de utilização por pessoa.

Os dados são da agência Zenith e revelam que, em 2019, os utilizadores vão passar 170,6 minutos a navegar pela grande rede, contra os 170,3 minutos passados à frente da caixa que mudou o mundo.

O estudo calcula ainda que, em 2020, a diferença já será maior, com a internet a crescer até aos 180 minutos diários de consumo por cada pessoa, e a televisão a baixar para os 168.

No caso da internet, o smartphone é o dispositivo cuja utilização mais aumenta. Segundo a informação reunida, desde 2011 até à projeção feita agora para 2019, o acesso online crescerá 504% (smartphones e tablets). Por outro lado, a navegação feita a partir dos computadores irá baixar 18%. O estudo refere que também que o uso do televisor baixará 4% neste período.

Para a contabilização dos valores online contribuem a navegação em sites, ler jornais e ver vídeo online, com este último elemento a ser dos que mais desequilibraram a balança para o lado da internet.

A Wikipédia em português atingiu recentemente um milhão de artigos escritos. O número foi conseguido com a entrada “Perdão de Richard Nixon”, criada a 26 de junho, às 19h09 UTC.

A marca de um milhão de artigos foi ultrapassada, anteriormente, por Wikipédias noutros idiomas, como inglês, alemão, francês, russo e espanhol.

A Wikipédia Lusófona, criada em 2001, é atualmente a 15ª maior em número de artigos, quando existem neste momento Wikipédias em 298 idiomas. A enciclopédia em inglês, a maior de todas, é composta de mais de 5,6 milhões de artigos.

“Esperamos que a Wikipédia lusófona conte com cada vez mais voluntários, de forma a impulsionar o projeto e fazer com que a cada dia o objetivo de fornecer informação livre e gratuita para todos esteja cada vez mais completo”, referem os editores da Wikipédia em português em comunicado.

A Google está a planear uma plataforma de videojogos para rivalizar com a PlayStation e a Xbox.

A notícia surge via Kotaku que, alegadamente, descobriu através das suas fontes que a abordagem da empresa aos videojogos terá três fases. A estratégia da companhia passa por, em primeiro lugar, criar uma plataforma de streaming, em segundo algum tipo de hardware, e por último, convencer os produtores a juntarem-se à companhia.

Mas, para além destas três fases, o plano não passa apenas por convencer os produtores a apoiarem a sua iniciativa, mas a comprar estúdios inteiros. E recursos não faltam à tecnológica.

Segundo a Kotaku, a Google está bastante interessada nos videojogos. Mais… na Games Developers Conference deste ano os representantes da Google encontraram-se com grandes companhias de videojogos para avaliar o interesse na sua plataforma de streaming, que supostamente tem o nome de código Yeti. E na E3, em Los Angeles, que decorreu há poucas semanas, a Google também teve várias reuniões.

Mais um indicador de que o futuro dos videojogos passa, obrigatoriamente, pelo streaming.

Passamos para o Facebook que, ao que tudo indica, está a preparar-se para acabar com os spoilers de filmes e séries de TV.

Esta opção, intitulada Keyword Snooze, vai permitir que certas publicações sejam impedidas de aparecer no feed de notícias dos utilizadores, após a introdução da ou das palavras-chave que se quer ‘censurar’.

Todas as publicações com a palavra-chave escolhida serão então ocultadas do feed durante 30 dias, podendo ser posteriormente re-ocultadas.

Esta opção está ainda em fase de testes, pelo que não se sabe quando estará disponível a todos os utilizadores do Facebook.

E no cinema, destacamos a estreia do filme “Artemis – Hotel de Bandidos”.

Esta película de ação, dirigida por Drew Pearce, conta com um elenco do qual sobressaem os nomes de Jodie Foster, Sterling K. Brown ou Dave Bautista.

A história de Artemis remete-nos para um futuro próximo, no subsolo de um hospital em Los Angeles, onde os criminosos mais sinistros da cidade recebem cuidados especiais. A enfermeira (Jodie Foster), que controla o lugar, acaba por descobrir que um de seus pacientes está lá para cometer um assassinato.

Espreite o trailer em https://www.youtube.com/watch?v=torEgWEIt8I

Share This Post On