Serpa: Autarquia em seminário de lançamento do projeto FORTours, em Espanha.

O vice-presidente Carlos Alves, representou a Câmara Municipal de Serpa, em Niebla (Huelva), no seminário de lançamento do projeto FORTours, no qual se integra a empreitada de execução da Torre do Relógio de Serpa, cujos trabalhos estão praticamente concluídos.

Na ocasião foram ainda apresentadas outras obras também financiadas pelo FORTours, em curso no Alentejo, Algarve e na Andaluzia, sendo que a obra da Torre do Relógio é a única do distrito de Beja.

Recordamos que se trata de um projeto no âmbito do programa Interreg V, na medida Fortificações de Fronteira: Fomento do turismo cultural transfronteiriço, com um valor total de apoio FEDER de 1 583 260 euros, para as três regiões.

As obras de conservação, limpeza, consolidação e restauro da Torre do Relógio, que tiveram um custo de 138 757,25 euros, com comparticipação comunitária de 75 000 euros, estão praticamente concluídas, sendo expectável que esta obra esteja concluída durante o mês de agosto. De referir que a intervenção incidiu na cimalha, ameias, campanário, coruchéu e em paredes autoportantes de alvenaria e de pedra.

Recordamos que a Torre do Relógio está classificada como Conjunto de Interesse Público, sendo que no Plano de Pormenor de Salvaguarda do Núcleo Histórico de Serpa, encontra-se qualificado como Imóvel Notável.

Apesar de ser desconhecida a data de construção desta torre, sabe-se que em 1440 foi transformada em Torre de Relógio, sendo a terceira torre mais antiga do país. Sabe-se também que o seu atual relógio tem 128 anos.

Share This Post On