Santiago do Cacém: Condutor morre abalroado por comboio.

Um homem de 65 anos morreu esta quarta-feira, no concelho de Santiago do Cacém, depois de o automóvel que conduzia ter sido abalroado por um comboio, revelou a Proteção Civil.

O Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Setúbal revelou que o alerta foi dado às 14.33 horas e que o abalroamento ferroviário aconteceu na passagem de nível de S. Bartolomeu da Serra, no concelho de Santiago do Cacém, na linha ferroviária de mercadorias proveniente do Porto de Sines.

Por volta das 16 horas, a linha ferroviária de mercadorias ainda se encontrava cortada, confirmou à Lusa fonte do CDOS.

A Proteção Civil Municipal de Santiago do Cacém também se deslocou ao local do sinistro e, contactada pela Lusa, fonte deste organismo disse que a viatura ligeira de passageiros conduzida pela vítima mortal circulava na Estrada Nacional 121, no sentido Ermidas-Santiago do Cacém.

Devido ao embate com o comboio, acrescentou, a viatura foi projetada “cerca de 80 metros” e acabou por ficar fora da linha ferroviária.

Contactada pela Lusa, fonte do INEM disse que a vítima é um homem de 65 anos, o óbito foi confirmado no local e o corpo transportado para os serviços de medicina legal do Hospital do Litoral Alentejano, em Santiago do Cacém.

As operações de socorro mobilizaram, segundo o CDOS, 17 operacionais, apoiados por oito veículos, dos bombeiros, GNR, Serviço Municipal de Proteção Civil e Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM).

Share This Post On