OVIBEJA: Um certame que é um caso de sucesso do e no Alentejo.

A 35ª OVIBEJA entra no último dia com a expetativa de superar os seus próprios recordes relativos ao numero de visitantes. A Primeiro-ministro António Costa foi a excepção que se fez notar pela ausência.

Este ano foi registada a maior área expositiva quando comparada com anteriores edições desta Feira. Registou-se, por outro lado, a presença de serviços que tradicionalmente não se faziam representar e se estrearam na OVIBEJA 2018.

Entre estes, contam-se serviços de apoio ao investimento na região ou em áreas de negócio especializadas. O regadio e as suas potencialidades são exemplo de presenças novas e com significado na OVIBEJA.

A participação muito significativa de representantes de todos os quadrantes políticos e das mais prestigiadas instituições, dos vários setores da vida económica e social, ou de nomes prestigiados no meio artístico português, sai reforçada nesta edição da OVIBEJA. O Primeiro Ministro António Costa foi a excepção que se fez notar pela ausência.

Neste palco privilegiado para o encontro de pessoas e ideias que é a OVIBEJA, a ACOS- Agricultores do Sul, aproveitou para apresentar ao Ministro da Agricultura um memorando de preocupações maiores das quais se destacam a execução do PDR 2020, a floresta, a seca e a gestão da água para rega. Os Agricultores aguardam agora as respostas da tutela.

“O impacto das alterações climáticas na Agricultura” é, entretanto, o tema que a organização da OVIBEJA acaba de lançar como desafio para a OVIBEJA 2019.

Share This Post On