OVIBEJA: Irmãos Luzias, o expositor mais antigo do certame.

Há muitos expositores que têm sido fiéis e que têm acompanhado o crescimento da feira, alguns deles presentes desde a primeira edição.

É o caso da empresa Irmãos Luzias, de Beja, que tem viaturas automóveis e tratores e alfaias agrícolas expostas no evento (n.d.r: automóveis VW e Mazda, tratores Case e António Carraro, alfaias agrícolas Herculano e Corvus e máquinas industriais Case).

“É uma feira de que toda a gente gosta, as famílias, os mais novos, os mais velhos, todos encontram aqui algo que gostem de ver ou de fazer”, referiu Vítor Luzia em entrevista à agência Lusa, adiantando que, para o negócio, também é vantajoso: “É um excelente palco. Há uns anos faziam-se muito mais negócios do que hoje, era tradição, mas é uma mostra e faz com que as nossas empresas se divulguem para além da nossa região”.

“Este ano, com ano de eleições, deverá ainda ser mais acentuado esse facto, mas para nós também é importante tê-los cá. Era importante até que eles não viessem por Évora, que viessem por Ferreira [do Alentejo] para verem o estado da nossa estrada”, para concluírem que “é importante também olhar um bocadinho para esta zona, porque só se lembram na altura da Ovibeja e é importante lembrarem-se todo o ano”, defende Vítor Luzia.

(n.d.r: Em 2006, na celebração das “bodas de prata” (25 anos), a Câmara de Beja reconheceu o labor que a empresa atribuindo-lhe a medalha de mérito municipal grau prata. Trabalho no JN publicado em 2009: https://www.jn.pt/local/noticias/beja/beja/interior/irmaos-luzias-fintam-a-crise-dando-trabalho–1235074.html)

Share This Post On
970x90_logo