OVIBEJA: EMAS apresentou livro “História da Água de Beja”.

A EMAS de Beja apresentou na tarde deste dia 25 de abril, o livro “A história da água de Beja do século XV a 1960”, que se realizou no espaço institucional da empresa no Pavilhão Institucional e Agro-alimentar da Ovibeja.

A sessão contou com a presença da autora, Marta Páscoa, que contou como surgiu a ideia de escrever o livro. “Tudo começou entre 2010 e 2012, quando fazia umas visitas temáticas a Beja e estudei a história da água”, contou durante a apresentação.

O livro conta a história em duas fases do abastecimento da água à cidade de Beja. “Até 1910, a fase preliminar e primitiva, a partir de poços, chafarizes e fontes. Depois de 1940, com a construção do depósito junto à Praça da República, que entretanto foi desmantelado”.

Perante Luís Miranda, presidente do Conselho de Administração, Rui Marreiros, Administrador Executivo e Helena Barbosa, Administradora Não Executiva e uma vasta plateia de cidadãos e também atuais e antigos trabalhadores da empresa e Marta Páscoa deixou duas solicitações/clarificações à Câmara Municipal de Beja e à EMAS.

Fonte Santa: Está localizada num quintal de uma casa construída de forma ilegal na confluência das duas linhas de caminho de ferro, Ramal de Moura e Linha do Sul e que deve colocada ao serviço (visitável) pelos cidadãos.

Balneário Público: Deveria ser recuperado e ser concessionado, para banhos, massagens e outros.

Roteiros da história da água de Beja. Visita guiada por Marta Páscoa- 27 de abril – 10,30 horas

Pelos caminhos, poços, fontes e chafarizes de Beja. O ponto de encontro será na entrada principal do Parque de Feiras e Exposições Manuel Castro e Brito, em Beja.

Teixeira Correia

(jornalista)

Share This Post On
970x90_logo