Ovibeja: André Ventura defende a criação de Plano Nacional de Coesão.

“Faz falta criar um Plano Nacional de Coesão, para resolver o problema da sazonalidade”, defendeu hoje André Ventura na visita à Ovibeja.

André Ventura, o cabeça de lista da Coligação Basta/ Chega às Eleições Europeias, visitou na manhã deste sábado a Ovibeja tendo como principal objetivo “conhecer os problemas locais e ter a perspetiva da emigração e da imigração que afeta esta zona”, disse aos jornalistas depois de um primeiro contato com algumas das instituições da região.

Para o líder da coligação, defendeu que “faz falta um Plano Nacional de Coesão”, que permita atribuir ferramentas às comunidades locais “criar emprego e o acesso a infraestruturas que podem alavancar a região. Sem isso será muito difícil resolver o problema da sazonalidade”, justificou.

Ventura defendeu que para “para se ter uma agricultura, moderna e social, tem que existir punição às fraudes”, referindo-se as empresas prestadoras de serviços que fornecem a mão-de-obra e depois, não pagam à Segurança Social e ao Fisco, justificando que “se queremos uma agricultura e um mundo rural a sério, temos que ter incentivos, mas também mão pesada a sério”, concluiu.

Quando questionado sobre se é mais fácil o Benfica ser campeão ou ser eleito para o Parlamento, André Ventura largou uma sonora gargalhada e desabafou: “essa pergunta é difícil, como vou responder a isso?”. Ainda assim ripostou que “confio no discernimento do povo português e na capacidade do Bruno Lage para levar o Benfica a ser campeão”, rematou.

O comentador e sócio do Sport Lisboa e Benfica, foi cumprimentado por benfiquistas e visitou o stand que a Casa do Benfica em Beja na Ovibeja, onde vende material de merchandising do clube encarnado.

Teixeira Correia

(jornalista)

Share This Post On
970x90_logo