Ourique: Evadido da Carregueira apanhado após perseguição de 40 quilómetros.

Um indivíduo de 28 anos, considerado como perigoso e evadido do Estabelecimento Prisional da Carregueira, foi detido na madrugada de ontem na aldeia de Mimosa, concelho de Santiago de Cacém, depois de uma perseguição da GNR desde Ourique.

O cadastrado estava acompanhado de uma mulher de 27 anos, e depois de travados numa barreira montada pelos militares, foi possível perceber que andava fugido da prisão e também que a viatura onde se faziam transportar tinha sido roubada, em Lisboa, pelo metido de “carjaking”.

O homem levantou suspeitas depois de passar várias vezes junto aos bombeiros, tendo sido dado o alerta à Guarda, que pouco depois recebeu uma queixa pelo furto de jantes de automóvel.

Os militares foram para o terreno e quando localizaram a viatura, os suspeitos desobedeceram à ordem de paragem, tendo sido feita uma perseguição pelo IC1, ao longo de 40 quilómetros, onde viriam a ser detidos.

O evadido da prisão da Carregueira, está referenciado pela prática dos crimes de furto de veículos, de caixas multibanco (ATM) e a veículos de transporte de valores.

Presentes ontem perante a juiz de Instrução Criminal no Tribunal de Ourique, à mulher foi-lhe aplicada a medida de coação de termo de identidade e residência (TIR), enquanto que o individuo foi conduzido ao Estabelecimento Prisional de Beja, onde deu entrada às 17,15 horas, acompanhada de quatro militares da GNR e algemado de mãos atrás das costas, sendo estatura alta, cabelo curto e barba cerrada.

Teixeira Correia

(jornalista)

Share This Post On