Odemira: Identificada mulher encontrada em praia em junho. Trata-se de uma idosa do Estoril.

Foi finalmente identificado o corpo da mulher que havia sido encontrado no passado dia 12 de junho, em avançado estado de decomposição, numa rocha na praia de Nossa Senhora, em Zambujeira do Mar, freguesia de São Teotónio, no concelho de Odemira.

Trata-se de Maria Alice de Jesus, de 74 anos, residente no Estoril, cujo corpo só foi encontrado mais de um mês depois do seu desaparecimento. Apesar das buscas efetuadas por militares do Núcleo de Investigação Criminal do Estoril e bombeiros, a mulher desapareceu sem deixar rasto.

A autópsia realizada no Gabinete Médico Legal de Beja, não revelou sinais de violência, tendo depois sido enviadas amostras para serem efetuados testes de ADN, que revelaram agora a identidade da idosa. Tendo posteriormente os familiares sido chamados para fazer os testes de reconhecimento.

A mulher terá caído ao mar e o corpo foi arrastado pelas águas do Oceano Atlântico até à costa alentejana, tendo com uma maré cheia o corpo ficado encalhado numa escarpa, onde depois viria a ser encontrado por um transeunte.

O corpo foi encontrado cerca das 19,00 horas do dia 12 de junho, tendo o comandante dos Bombeiros Voluntários de Odemira, Luís Oliveira revelado o que “o alerta foi dado cerca das 19 horas por um popular”, acrescentando não “existir qualquer pessoa desaparecida na zona”, concluiu.

Na altura foram mobilizados meios da Capitania do Porto de Sines, dos Bombeiros de Odemira, Cruz Vermelha de Colos e da GNR.

O corpo de Maria Alice de Jesus, foi trasladado desde o Gabinete Médico Legal de Beja para o Estoril, onde será velada, sendo cremada esta segunda-feira no Crematório de Cascais ou de Rio de Mouro (Sintra).

Teixeira Correia

(jornalista)

Share This Post On
970x90_logo