Odemira: GNR apreendeu 32 tartarugas de espécie em extinção.

Militares do Destacamento Territorial de Odemira da GNR apreenderam durante o dia de quarta-feira, numa herdade localizada naquele concelho do Litoral Alentejano, 32 tartarugas, que o proprietário da exploração detinha de forma ilegal.

As tartarugas vulgarmente conhecidas como “Tartaruga-de-esporas-africana”, são de uma origem protegida e ameaçada de extinção ao abrigo da Convenção sobre o Comércio Internacional de Espécies da Fauna e da Flora Selvagem (CIFES).

A deteção nos animais decorreu duramente uma ação de policiamento dos militares no interior da herdade, tendo o seu proprietário sido identificado e aplicado um auto de contraordenação, além de ter sido nomeado “fiel depositário” das tartarugas.

Teixeira Correia

(jornalista)

Share This Post On