Mértola: Tudo a postos para o 10.º Festival Islâmico, que decorre de 16 a 19 de maio.

De 16 a 19 de maio o Festival Islâmico está de regresso a Mértola. A montagem do Souk (mercado de rua) nas ruas do Centro Histórico já começou.

Em breve, os panos coloridos e caniços darão abrigo a produtos e gente, fazendo de todo este espaço o verdadeiro coração do Festival.

As montagens cénicas que antecedem os dias do evento são sempre momentos especiais para os residentes de Mértola, que deste modo podem ver o Festival Islâmico ganhar vida e envolver-se em todo o processo. Não menos espantados ficam os turistas com a azáfama nas ruas estreitas da vila velha.

O primeiro impacto quando o visitante chegar ao Festival Islâmico é com arte e com arquitetura. Como elementos decorativos estão a fonte e a água, elementos muito ligados à cultura muçulmana, e o mural, um elemento de Mértola.

Para a fonte, os artistas inspiraram-se em Chefchaouen, Marrocos, e na Alhambra de Granada, em Espanha. O mural é inteiramente dedicado ao nosso património, é uma planificação de uma das talhas que está em exposição no Museu de Mértola.

Para além destes, teremos nesta zona mais dois apontamentos decorativos que são os pórticos, um principal e outro mais recuado no local da antiga Porta de Beja, que assinalava a entrada na zona amuralhada.

A decoração dos espaços do Festival é um trabalho a muitas mãos, toda elas de funcionários da Câmara Municipal de Mértola.

Para a décima edição do maior certame do concelho, a Câmara Municipal preparou um imenso programa cultural, que pretende mais uma vez reforçar os laços da herança islâmica e a identidade cultural que liga todos os países do Mediterrâneo. Concertos, exposições, música, oficinas, conferências são algumas das propostas de um extenso programa que já está disponível em www.cm-mertola.pt

Share This Post On
970x90_logo