Mértola: Septuagenários feridos em colisão com camião de transporte de minério.

Terceiro acidente envolvendo pesados de mercadorias que fazem transporte de minério de Aljustrel para Huelva, originou ferimentos em dois septuagenários. Acidente ocorreu na ponte da Ribeira de Carreiras. Camião ia caindo ao leito do rio.

Um casal de septuagenários residente no Feijó (Almada), sofreu ferimentos ligeiros na sequência de uma colisão frontal com um pesados de mercadorias de matrícula espanhola, ocorrido ontem na EN 122, sobre a ponte da Ribeira de Carreiras, a 10 quilómetros de Mértola.

O acidente ocorreu às 12,20 horas, no sentido norte/ sul, na ligação entre Mértola e Vila Real de Santo António, quando o ligeiro de passageiros, conduzido por Eduardo Sequeira, de 71 anos, que viajava com a mulher, de 72 anos, embateu no passeio da ponte e foi colidir com um camião que faz o transporte de minério das minas de Aljustrel para um complexo mineiro de Huelva, acabando por embater no muro, evitando a queda para o leito da ribeira.

O casal foi transportado para o Serviço de Urgência, onde ficou em observação, enquanto o condutor do pesado recusou assistência. No local estiveram 8 operacionais dos bombeiros e GNR de Mértola, apoiados por quatro viaturas.

O trânsito da EN 122 esteve condicionado durante várias horas, fazendo-se de forma alternada na via sul/norte, até que o pesado foi retirado por um reboque.

Este foi o terceiro acidente envolvendo pesados de mercadoria de transporte de minério entre Aljustrel e o complexo mineiro de Huelva, tendo nos anteriores resultados ferimentos graves nos condutores dos veículos, dois cidadãos espanhóis de 28 e 39 anos, respetivamente.

Os dois acidentes ocorreram no decurso de 2018, tendo o primeiro ocorrido em 4 de abril e o segundo em 31 de outubro, e em ambos os casos também na EN 122, cerca de 10 quilómetros depois de ter passado Mértola, tendo os veículos embatido em eucaliptos e ficado completamente destruídos.

Teixeira Correia

(jornalista)

Share This Post On
970x90_logo