Mértola: Feira Caça promove debate sobre consumo da caça e a Feira do Mel.

No âmbito da IX Feira da Caça de Mértola, que se realiza de 26 a 28 de outubro, a APIGUADIANA a promove o II Concurso de Mel do Parque Natural do Vale do Guadiana, debatendo-se também o consumo de caça no concelho de Mértola.

A APIGUADIANA, Associação de Apicultores do Parque Natural do Vale do Guadiana, em conjunto com a Câmara Municipal de Mértola, promove o II Concurso de Mel do Parque Natural do Vale do Guadiana.

O concurso de Mel tem como objetivo o impulsionar de um sector que é de extrema riqueza para o desenvolvimento rural, bem como incentivar a uma produção de qualidade. A promoção e divulgação do Mel do Parque Natural do Vale do Guadiana, faz crescer o ânimo de quem trabalha todo o ano para conseguir obter este produto de excelência. É deveras importante o apoio e a valorização prestados pela comunidade. A última edição do Concurso contou com a presença de muitos dos Apicultores. Este ano contamos novamente com a sua presença, para que cada vez mais o Mel do Parque Natural do Vale do Guadiana e quem com ele trabalha tenha o merecido reconhecimento.

Caça e alimentação em debate no certame.

O consumo de caça no concelho de Mértola é uma realidade deste a Idade do Ferro, comprovado pelos estudos arqueológicos realizados, que se mantém até aos dias de hoje. Com base nesta tradição, a Câmara Municipal de Mértola, o Campo Arqueológico de Mértola e a Associação de Empresários de Mértola promovem no próximo dia 27 de outubro, pelas 10h00, no recinto da Feira da Caça, uma conferência sobre Caça e alimentação.

A conferência, integrada na IX edição da Feira da Caça de Mértola, insere-se também num trabalho de reflexão e ação conjunta para a implementação de uma estratégia agroalimentar local e na valorização dos produtos locais. A caça está igualmente associada ao desenvolvimento sustentável dos territórios e ao conceito de slow food. A conferência é apoiada pelo PROVERE Valorização dos Recursos Silvestres do Alentejo.

O programa é composto por dois painéis. Durante a manha o tema em destaque é a Caça na História, com apresentações sobre a iconografia da caça na Antiguidade, a caça e alimentação no Al-Andaluz e as evidências da atividade cinegética no território de Mértola – da idade do Ferro até à Idade Média. O segundo painel é dedicado ao tema da caça, alimentação e economia, com os seguintes temas: potenciais contributos do Centro de Competências para o Estudo, Gestão e Sustentabilidade das Espécies Cinegéticas e Biodiversidade na estruturação e dinamização do setor de transformação, valorização e certificação de carne de Caça, fileira de caça em Portugal: estudo de caso, o setor da carne de caça em Espanha, a certificação de um produto de excelência: a certificação da Perdiz Vermelha e Caça e Wild Food que desafio para o turismo gastronómico.

Ainda no âmbito da alimentação, terá lugar no recinto da feira, o showcooking “A caça como recurso silvestre do Alentejo”, com a Chef Margarida Rodrigues.

A Feira da Caça de Mértola realiza-se de 26 a 28 de outubro, no pavilhão desportivo municipal e o programa das atividades está disponível em www.cm-mertola.pt

Share This Post On