GNR: Esclarecimento sobre postos da GNR no distrito de Beja (GNR falta à verdade).

Da Divisão de Comunicação e Relações Públicas da GNR, o Lidador Notícias recebeu um comunicado de esclarecimento, sem pedido de “Direito de Respostas”, onde o Comando Geral da GNR mente, sobre a notícia de que “dezoito (18) Postos Territoriais do distrito de Beja, passaram a Postos de Atendimento Reduzido”.

Postos da GNR no distrito de Beja| Esclarecimento

(Lidador Notícias publica o comunicado da GNR na integra)

Na sequência de notícias que têm vindo a público, que dão conta do eventual encerramento de postos no distrito de Beja, em particular no concelho de Serpa, cumpre-me informar que o Destacamento Territorial de Moura, o qual abrange o referido concelho, tem mantido o seu efetivo, sem oscilações, nos últimos quatro anos, dispondo atualmente de 116 militares, o mesmo número que em 2018.

Importa ainda referir que, na área do distrito de Beja, ficaram à responsabilidade da Guarda Nacional Republicana (GNR), através da Unidade de Emergência Proteção e Socorro (UEPS), os Centros de Meios Aéreos de Moura e de Ourique, com um efetivo de 17 militares cada, com o qual é assegurado o reforço do patrulhamento na área do distrito de Beja.

Por outro lado, importa esclarecer que não têm qualquer fundamento as notícias colocadas a circular sobre o encerramento de Postos Territoriais na área do distrito. Destaca-se, aliás, no último ano, a distribuição de viaturas novas aos Postos de Moura, Serpa e Vila Nova de São Bento, o que permitiu o reforço do parque automóvel de outros postos, como foi o caso do Posto de Vila Verde de Ficalho, através da reafetação de viaturas.

Face ao que antecede, o Comando da Guarda reitera que está completamente fora de questão o encerramento de qualquer posto. Prova de que o policiamento da área em apreço tem merecido particular atenção por parte da GNR, são os números da criminalidade geral, que têm decrescido ao longo dos últimos quatro anos, particularmente os crimes contra as pessoas e contra o património, aqueles que mais preocupam as pessoas e mais contribuem para a variação do sentimento de segurança das populações, apesar do aumento da população sazonal.

NOTA DA REDAÇÃO

O Comando Geral da Guarda MENTE, porque em nenhum parágrafo da notícia do Lidador Notícias é afirmado que “vão encerrar” postos da GNR no distrito de Beja, aliás o título é esclarecedor: “dezoito (18) Postos Territoriais do distrito de Beja, passaram a Postos de Atendimento Reduzido (PAR)”. 

O Comando Geral da Guarda MENTE, porque desmente-se a si próprio ao negar a sua NEP onde é comunicada a “decisão de exonerar cerca de uma dezena de comandantes dos Postos Territoriais (PT) foi comunicada no passado dia 18 de setembro”. Em concreto foram demitidos nove (9) comandantes de postos PAR, com a graduação de cabo (cinco), cabo-chefe (dois) e cabo-mor (dois).

O Comando Geral da Guarda MENTE, porque desmente-se a si próprio ao negar a sua NEP onde é comunicada a decisão de que “assumem o comando dos PAR, os comandantes dos Posto Sede de Agrupamento de Postos (PSAP)”, ressalvo no final da lista de postos PAR que “os atuais Comandantes destes Postos Territoriais mantêm-se no exercício de funções, até ordem, em contrário”, acrescente-se que se tratam dos comandantes dos Postos de Colos e Vila Nova de São Bento.

O Comando Geral da Guarda MENTE, porque desmente-se a si próprio ao negar a sua NEP, onde deixa a listas dos postos que passaram a PAR e que voltamos a publicar por ser a mesma VERDADEIRA.

Lista de Postos Territoriais (PT) que passam a Postos de Atendimento Reduzido (PAR)

Destacamento de Beja (4): Baleizão, Beringel, Salvada (PSAP Beja) e Vila Alva (PSAP Alvito).

Destacamento de Aljustrel (2): Ervidel (PSAP Aljustrel) e Garvão (PSAP Ourique).

Destacamento de Almodôvar (1): Mina de São Domingos (PSAP Mértola).

Destacamento de Moura (8): Brinches, Vila Nova de São Bento, Vila Verde de Ficalho (PSAP Serpa), Pias e Sobral da Adiça (PSAP Moura), Amareleja, Safara, Santo Aleixo da Restauração (PSAP Barrancos)

Destacamento de Odemira (3): Sabóia (PSAP Odemira/São Teotónio), Colos e São Luís (PSAP Vila Nova de Milfontes).

Teixeira Correia

(Diretor do Lidador Notícias)

Share This Post On
970x90_logo