Doença das coníferas (nemátodo): Instituto das Florestas alerta para o abate de pinheiros e outras resinosas.

O Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF), através da publicação de Editais, e na sua página na internet, vem alertar para a doença das coníferas (pinheiros e outras resinosas) conhecida como nemátodo-da-madeira-do-pinheiro. No distrito de Beja há 24 freguesias de quatro concelhos afetadas com a obrigatoriedade dos cortes.
Pinheiros_800x800 ocorrência, em Portugal, de uma doença do pinhal (doença da murchidão do pinheiro), provocada pelo nemátodo-da-madeira-do-pinheiro, coloca em risco a floresta de pinho nacional.
Só a remoção dos exemplares que apresentem copa seca ou a secar (total ou parcialmente), agulhas descoloradas e dos que estejam tombados e tenham sido afectados por tempestades ou incêndios (queimados ou parcialmente queimados) e, bem assim, a eliminação ou entrega em destino autorizado do material lenhoso e sobrantes, evitam a dispersão da doença referida.
Assim o ICNF alerta os proprietários das terras que:  ESTE PROCEDIMENTO É OBRIGATÓRIO em todo o País sendo, no entanto, prioritário nas áreas para as quais se publicam Editais.
PROCEDAM DE IMEDIATO À REMOÇÃO, DO TERRENO, DAS ÁRVORES (E SOBRANTES, a não ser que reduzidos a estilha com 3 cm ou menos) que se encontrem nas condições referidas.
No distrito de Beja, há quatro concelhos e 24 freguesias, afetados pela medida do ICNF:
BARRANCOS (1): Barrancos.
MÉRTOLA (8): Corte do Pinto, Espírito Santo, Mértola, São Miguel do Pinheiro, São Pedro de Sólis, São Sebastião dos Carros (apenas à área correspondente à antiga freguesia), São João dos Caldeireiros e Santana de Cambas.
MOURA (8): Amareleja, Póvoa de São Miguel, Safara, Santo Aleixo da Restauração, Santo Agostinho, São João Batista, Santo Amador e Sobral da Adiça.
SERPA (5): Pias, Serpa (Salvador e Santa Maria), Vila Nova de São Bento, Vale de Vargo e Vila Verde de Ficalho
Para mais informações consulte o(s) Edital(is) referente(s) ao(s) Distrito(s) onde se localizam as árvores das quais é proprietário(a), usufrutuário(a), ou rendeiro(a).
O incumprimento ou deficiente cumprimento das acções referidas está sujeito à aplicação de coimas (até 44.000,00 €) e sanções acessórias, informa ainda o ICNF.
Consulte aqui o Edital do distrito de Beja: http://www.icnf.pt/portal/florestas/prag-doe/ag-bn/nmp/resource/fich/edital/2016/Beja.pdf.
Teixeira Correia
(jornalista)
Share This Post On
970x90_logo