Cuba: Aldeia de Vila Alva pequena para acolher tanta dor e consternação.

Centenas de pessoas acompanharam o cortejo fúnebre de Carlos Carvalho, de 40 anos. Vila Alva, com cerca de 400 habitantes, foi pequeníssima para receber tanta gente, de civis a bombeiros.

O ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, e Marcelo Rebelo de Sousa estão em Vila Alva, concelho de Cuba, para o funeral de Carlos Carvalho, bombeiro de 3.ª classe do quadro dos Bombeiros Voluntários de Cuba (BVC), que faleceu na sequência das graves queimaduras que sofreu em todo o corpo, quando combatia um incêndio, no passado dia 13 de julho, em Castro Verde.

Além do Presidente da República e do Ministro da Administração Interna, estiveram o comandante Operacional da ANEPC, presidente da Liga de Bombeiros, o comandante do CDOS de Beja e os comandantes e diversos elementos das 15 corporações do distrito, além de centenas de cidadãos da terra e anónimos disseram “presente” no último adeus a um jovem de 40 anos, que era “o grande amparo e auxílio da mãe”.

Teixeira Correia

(jornalista)

Share This Post On
970x90_logo