CTT: Autarquias exigem melhores serviços junto da empresa, Governo e ANACOM.

As Câmaras Municipais de Castro Verde e Ourique contestam a degradação do serviço dos CTT e protestam junto da administração dos CTT-Correios de Portugal, Governo e ANACOM.

A Câmara Municipal de Castro Verde manifesta publicamente o seu profundo desagrado e preocupação com a acelerada degradação dos serviços dos CTT no concelho o que, nas últimas semanas, se agravou de modo inaceitável.

Neste momento, além da evidente fragilidade do serviço na Estação de Castro Verde e da irregular e tardia distribuição de correspondência nesta vila, estamos igualmente confrontados com graves problemas nas diferentes freguesias, ao ponto de a distribuição não estar a ser assegurada com normalidade.

A Câmara Municipal de Castro Verde rejeita totalmente a situação com se vive no concelho e exige à empresa CTT – Correios de Portugal que reponha urgentemente os serviços com a normalidade que todos desejamos e precisamos.

Nesse sentido, a Câmara Municipal já solicitou reuniões ao Conselho de Administração dos CTT e ao Ministério das Infraestruturas, estando igualmente a preparar uma exposição sobre o problema à ANACOM.

Por seu turno o Município de Ourique enviou no passado mês de outubro cartas à Administração dos CTT, à ANACOM e ao Governo a protestar pela insustentável falta de qualidade do Serviço Postal universal concessionado no concelho.

Considera a autarquia que o serviço postal universal prestado pela empresa privada CTT – Correios de Portugal (CTT) atingiu um nível de degradação nunca antes visto, desde o encerramento das estações dos CTT à sua transformação em postos ou balcões, passando por uma sustentada deterioração dos ritmos e da fiabilidade da distribuição da correspondência aos destinatários.

Apesar da privatização de 100% do serviço postal, o Município de Ourique assegura que tem mantido uma sustentada pressão junto da empresa, da entidade reguladora e do atual governo, que herdou uma situação com limitadas margens de intervenção.

O Município de Ourique, em linha com a sua posição ao longo do tempo, continuará a exigir uma melhoria do serviço postal prestado e a intervenção corretiva da entidade reguladora, a ANACOM, a quem compete fiscalizar o cumprimento das obrigações da concessão.

Share This Post On
970x90_logo