Covid-19: Infarmed proíbe distribuição de kits utilizados em testes na região.

O Infarmed proibiu a distribuição de alguns dos kits que já estão a ser usados em Portugal para fazer testes de despistagem à Covid-19. Os kits são os utilizados pelas as equipas do Centro ABC – Algarve Biomedical Center que fazem os testes para a CIMBAL.

A autoridade do medicamento tem dúvidas quanto às provas de segurança e desempenho dos equipamentos e, por esse motivo, recusou dar um parecer positivo até que essas questões sejam respondidas.

Segundo o Observador, terão sido distribuídos 48 mil kits a para serem feitos testes à Covid-19 em lares de idosos e em creches. Os kits foram fabricados em Portugal e distribuídos sem parecer obrigatório. Infarmed tem dúvidas quanto à segurança e proibiu-os até ter respostas.

O consórcio que distribui os kits garante que os equipamentos são seguros e que foram devidamente testados, ainda que o relatório dessa avaliação só tenha sido entregue ao Infarmed quase um mês depois dos kits começarem a ser distribuídos a centros de investigação.

A ministra da Saúde justificou que “o facto das entidades reguladoras que certos artigos não estão em condições de serem comercializados não significa que não estão em condições de serem utilizados nos testes”, tendo Marta Temido acrescentado que “uma coisa são os testes e outra a introdução no mercado, daí a atuação do Infarmerd. São coisas distintas”, rematou.

Estes kits são utilizados no distrito de Beja e a operacionalização do Programa no Baixo Alentejo é assegurada por uma parceria alargada, contando com a CIMBAL, o Centro Distrital do Instituto da Segurança Social, a Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo, a Autoridade de Saúde, as Comissões Distrital e Municipais de Proteção Civil e a Escola Superior de Saúde do Instituto Politécnico de Beja, sob coordenação do Senhor Secretário de Estado Adjunto da Defesa Nacional, Jorge Seguro Sanches.

No passado dia 11 de maio, a CIMBAL revelou que desde o dia 26 de abril de 2020 que as equipas do Centro ABC – Algarve Biomedical Center têm vindo a realizar testes ao COVID 19 a utentes e funcionários dos lares do Baixo Alentejo, através do Programa de Testagem Preventivo em Lares do Baixo Alentejo. Até ao momento já foram realizados mais de um milhar de testes em diferentes infraestruturas e felizmente todos eles deram negativos. Este é um projeto que percorrerá todas as ERPI’s e LR do Baixo Alentejo, totalizando 65 equipamentos.

Teixeira Correia

(jornalista)

Share This Post On
970x90_logo