Ciclismo: João Rodrigues lidera Prémio da Montanha na Volta ao Algarve.

O jovem algarvio da W52/FCPorto, João Rodrigues, foi a grande figura do dia ao triunfar nas duas contagens do prémio da montanha assumindo a liderança da classificação.

O holandês Dylan Groenewegen venceu ao sprint, em Lagos, a primeira etapa da Volta ao Algarve, assumindo também a liderança da prova.

João Rodrigues foi um dos cinco integrantes de uma fuga que se iniciou ao quilómetro dois e só foi neutralizada a 15 quilómetros de Lagos.

Na parte final da tirada, a LottoNL/Jumbo, Trek/Segafredo e BMC pegaram na corrida para uma chegada em pelotão compacto e deixaram para os seus “foguetes” a discussão da vitória. O melhor português na etapa foi Luís Mendonça (Aviludo/ Louletano) que terminou no décimo lugar.

O grande azarado do dia foi o português Tiago Machado (Katusha/Alpecin), que se viu envolvido numa queda a 10 quilómetros do final da etapa. O corredor de Famalicão bateu com a cabeça no chão e perdeu um sapato – foi o último a chegar a 7″40″. No final, culpou a organização por colocar na estrada atletas que não sabem andar no meio de pelotão com tantos corredores”, sustentou.

O belga Philipe Gilbert (Quick Step Floors) recebe amanhã à partida, em Sagres, o Prémio Prestígio 2018, sucedendo a Tony Martin, Tom Boonen, Alberto Contador e Fabian Cancellara, corredores que receberam a distinção nos anos anteriores.

Classificação da etapa e Geral Individual

1º- Dylan Groenewegen/NED (LottoNL/Jumbo)- 4h47″58″ (media 40,130 kms/h), 2º- Arnaud Demare/FRA (FDJ)- m.t., 3º- Hugo Hoffesteter/FRA (Cofidis)- m.t., 4º- Timothy Dupont/FRA (Wanty/Group Gobert)-m.t., 5º- Jurgen Rolandts/BEL (BMC)- m.t., 6º- John Dekenkolb/GER (Trek/Segafredo)- m.t.), 7º- Jens Keueukeleire//BEL (Lotto/Soudal)- m.t., 8º- Matteo Pelucchi/bora)- m.t., 9º- Yves Lampaert/BEL (Quick Step Floors)- m.t. e 10º- Luís Mendonça(POR (Aviludo/Louletano)- m.t..

Esta quinta-feira a segunda etapa vai ligar Sagres ao Alto da Fóia, em Monchique, na distância de 187,9 kms, com partida às 12.10 horas e chegada às 17 horas. A camisola amarela vai mudar de “dono” porque o líder Dylan Groenewegen é um sprinter e a etapa é para trepadores.

Teixeira Correia

(jornalista)

Share This Post On
970x90_logo