Ciclismo: “Chuva de estrelas” na Volta ao Algarve. Tiago Machado aspira à vitória.

Cento e setenta e três corredores, de trinta países, em representação de vinte e cinco equipas, 13 do WorldTour, 3 Continental Profissional e 9 Continental, estas últimas todas portuguesas alinham hoje em Albufeira na partida da 1ª etapa da Volta ao Algarve em Bicicleta, que está na estrada até domingo.

O esloveno Primozs Loglic (Lotto NL/Jumbo) não vai defender a vitória do ano passado na Volta ao Algarve, quatro vencedores da prova marcam presença e aspiraram a mais uma vitória. São eles o australiano Richie Porte (BMC), o alemão Tony Martin (Katusha/Alpecin), e o polaco Michal Kwiatkowsk e o britânico Gerrant Thomas (Sky).

A estes nomes junta-se o vice-campeão do Mundo de Contrarrelógio, o bielorrusso Vasily Kiryienka (Sky), o português Tiago Machado (Katusha), como importantes nomes para chegaram à camisola amarela. Pelo seu desempenho no Gabão, onde conseguiu duas vitórias em etapas, o italiano o Sporting/Tavira, Rinaldo Nocentini, é um outsider de respeito.

Entre o rol de inscritos estão quinze campeões nacionais de vários países em Linha e Contrarrelógio, onde se enquadrando os portugueses Ruben Guerreiro (Trek/Segafredo) e Domingos Gonçalves (Rádio Popular/ Boavista) e o Campeão da Europa desta última especialidade, além de sete portugueses que correm no estrangeiro.

A “Algarvia” apresenta como novidade o facto de não ter bonificações nas metas volantes e nas chegadas, pelo que o tempo dos corredores será o real nas etapas, com as chegadas em alto, na Fóia e no Malhão, e o contrarrelógio de Lagoa, a fazerem a grande seleção.

José Azevedo, diretor-desportivo da Katusha/Alpecin, confidenciou ao LN que “tenho dois “Tê Emes” para ganhar, Tony Martin e Tiago Machado. Espero no final conseguir o triunfo, porque é a única prova que faço em Portugal”, concluiu.

O belga Philipe Gilbert (Quick Step Floors) sucede a Tony Martin , Tom Boonen, Alberto Contador e Fabian Cancellara, corredores que receberam o Prémio Trestígio nos anos anteriores da corrida. A entrega do Prémio Prestígio 2018 está marcada para a partida de segunda etapa, na quinmta-feira em Sagres.

A Volta ao Algarve é transmitida em direto para 120 países, podendo ser vista em Portugal através da TVI24 e Eurosport 2.

A 1ª etapa vai ligar Albufeira a Lagos, na distância de 192,6 kms, com partida às 12,00 horas e chegada às 17,00 horas e o vencedor da tirada, que deverá acontecer ao sprint, será o camisola amarela.

Etapas

14 de fevereiro: 1.ª Etapa: Albufeira – Lagos, 192,6 km

15 de fevereiro: 2.ª Etapa: Sagres – Fóia (Monchique), 187,9 km

16 de fevereiro: 3.ª Etapa: Lagoa – Lagoa, 20,3 km (CRI)

17 de fevereiro: 4.ª Etapa: Almodôvar – Tavira, 199,2 km

18 de fevereiro: 5.ª Etapa: Faro – Malhão (Loulé), 173,5 km

Teixeira Correia

(jornalista)

Share This Post On
970x90_logo