Castro Verde: Tentou matar a sogra e o companheiro a tiro de caçadeira. Começa a ser julgado.

Homem julgado por tentativa de homicídio, a tiro de caçadeira, da sogra e companheiro. Os crimes ocorreram em setembro do ano passado em Castro Verde.

Um homem de 40 anos começa hoje a ser julgado no Tribunal de Beja, pela tentativa de homicídio da sogra (Maria do Carmo) e do seu companheiro (Celso Carapinha), estando acusado de dois crimes de homicídio qualificado ambos na forma tentativa e um de detenção de arma proibida.

Os factos remontam à noite do passado dia 21 de setembro de 2017 e de acordo com o despacho de acusação do Ministério Público de Almodôvar a que o LN teve acesso, Nelson Rodrigues, foi à casa de Maria do Carmo e de Celso Carapinha, com quem mantinha desavenças familiares e fez dois disparos com uma caçadeira, que tinham como alvo as duas pessoas.

Antes e no interior da sua própria casa, o arguido fez dois disparos contra Maria do Carmo, não a tendo atingido. Posteriormente pegou numa faca, dirigiu-se à residência da vítima, enquanto afirmava que “ia matar o Celso”. Este munido de uma enxada conseguiu opor-se a Nelson Rodrigues, que voltou munido da caçadeira, para fazer mais dois disparos contra Maria e Celso.

Além da caçadeira utilizada para cometer o crime, que estava legal, a GNR apreendeu duas armas de ar comprimido, ambas de calibre 4,5mm, das quais não possuía qualquer documentação e ainda uma faca e uma moca.

Apesar de não ter antecedentes criminais, o magistrado do Tribunal de Almodôvar que ouviu Nelson Rodrigues em primeiro interrogatório, concluiu que existia o perigo de continuação da atividade criminosa, tendo-lhe decretado a prisão preventiva, aguardando julgamento no Estabelecimento Prisional de Beja.

Teixeira Correia

(jornalista)

Share This Post On