Beringel/ Beja: Cidadãos romenos morrem afogados na barragem quando montavam rede.

Dois cidadãos romenos, de 43 e 49 anos, morreram afogados na barragem do Pisão, Beringel, concelho de Beja, tendo os corpos sidos encontrados ontem submersos nas águas da albufeira, que recebe transvase de Alqueva.

Tudo indica que os dois indivíduos terão morrido durante a manhã de segunda-feira, uma vez que foi cerca das 11,00 horas desse dia que foram para a albufeira, para montar uma rede para apagar peixes.

Os dois homens tinham regressado no sábado a Beringel, para iniciarem nova campanha de apanha de azeitona, tendo o mais velho trazido consigo a mulher e o filho, que se tinham deslocado a Beja para tratar dos documentos para poderem conseguir trabalho.

Após regressarem à aldeia que dista cerca de uma dezena de quilómetros de Beja, os familiares ligaram para os telemóveis dos dois homens que não respondiam aos contados, tendo informado a GNR, e referenciado o local para onde teriam ido pescar. No local a GNR encontrou as roupas, os telemóveis e documentos, tendo sido feitas buscas até cerca das 04,00 horas.

Reiniciadas ontem de manhã as buscas com a presença de barcos dos Bombeiros de Beja, do Núcleo de Proteção do Ambiente e da Força Especial de Bombeiros (FEB), o corpo do homem de 49 anos foi encontrado cerca das 12,40 horas. O homem foi identificado pelo filho que esteve durante muito tempo próximo do local onde se deu a ocorrência.

Com a chegada dos mergulhadores da FEB, ao primeiro mergulho e cerca de 10 minutos depois, foi encontrado o corpo do segundo homem. Segundo foi possível apurar ambos mergulharam de boxers e um deles tinham uma t-shirt vestida.

O local estiveram militares do Núcleo de Investigação Criminal da GNR, mas as mortes “terão ocorrido devido a causas naturais. O comandante dos bombeiros de Beja, Pedro Barahona, referiu que “as buscas foram facilitadas pelo facto da água da albufeira ser muito límpida e ter pouca profundidade”, concluiu.

Os corpos dos dois romenos foram levados para o Gabinete Médico Legal de Beja, onde serão autopsiados.

Nas operações estiveram envolvidos 33 operacionais, apoiados por 13 veículos e embarcações dos bombeiros de Beja, Força Especial de Bombeiros e GNR.

Teixeira Correia

(jornalista)

Share This Post On