Beja: Palavras Andarilhas tiveram ontem início e decorrem até domingo.

Arrancou ontem em Beja o XV festival “Palavras Andarilhas”.

A abertura decorreu às 19 horas com a inauguração da exposição “Um céu que se me abre na cabeça” no Bairro da Mouraria, no Centro Histórico da cidade. Seguiu-se um petisco e depois ás 21h00 “Há contos na Mouraria”, que contou com a presença de Jorge Serafim, Luzia do Rosário, Thomas Bakk e outros.

A programação da XV edição das Palavras Andarilhas propõe OLHARES diversos sobre a arte da palavra dita e impressa, em oficinas, tertúlias e conferências, apoiando a formação dos mediadores de leitura que acorrem a Beja, nestes dias um lugar de RESPIRAR.

Viale Moutinho, Eugénio Roda, Rita Taborda Duarte são alguns dos escritores e outros criadores convidados a partilhar os seus universos. Um dos focos desta edição é o universo do juvenil – essa Terra Incógnita que Ana Saldanha, Ana Pessoa, Miguel Fragata e Maurício Corrêa Leite vão abordar.

Fazem quinze anos as Andarilhas e celebram a poesia com Ana Luísa Amaral, Roseana Murray, Alexis Pimienta e Thomas Back, REGRESSOS à cidade dos contos, com Ana Garcia Castelhano, e começos como o BIG BANG BOOM! de Margarida Botelho.

Teixeira Correia

(jornalista)

Foto: Rui Eugénio

Share This Post On