Your SEO optimized title

Beja: Detido jovem por passar notas falsas de 20 euros.

“Passou” duas notas falsas de 20 euros. Uma na RuralBeja e outra num café. Ao querer “passar” a terceira no mesmo estabelecimento, o dono reteve-o e entregou-o à Polícia.

Um jovem guineense, de 18 anos, foi detido ontem por agentes da Esquadra de Investigação Criminal (EIC) da PSP de Beja, na sequência de uma denúncia, por suspeita da passagem de notas falsas de 20 euros.

O indivíduo, procedente de Lisboa mas a morar há poucos meses em Beja, é suspeito de em dias anteriores já ter feito entrar em circular mais dois exemplares falsificados.

Pouco passavas das 12,45 horas, quando o indivíduo se dirigiu ao Café Avenida, no Centro Histórico de Beja, para comprar uma raspadinha de 2 euros, tendo apresentado uma nota de 20 euros para efetuar o pagamento.

António Silva, o proprietário do estabelecimento, apercebeu-se de que a nota era falsa, chamou a polícia e reteve o jovem até à chegada das autoridades.

“Na quinta-feira recebemos uma nota falsa de 20 euros no bar do Grupo Motard na RuralBeja. Na sexta-feira ao fechar a caixa apercebi-me que tinha outra nota falsa. Assim que vi a nota e como tinha a descrição do suspeito, percebi que estava a ser enganado. Barrei a porta e não o deixei sair”, contou ao Lidador Notícias (LN).

Levado pela PSP, depois de inquirido, foi constituído arguido e sujeito a termo de identidade e residência, o indivíduo foi libertado, tendo o processo sido remetido para a Diretoria de Faro da Polícia Judiciária, que tem a competência de investigar a contrafação de notas.

A contrafação de notas em Portugal não é propriamente uma novidade. No entanto, segundo o Banco de Portugal, nunca houve tantas notas falsas de 20 euros a circular. Durante o primeiro semestre de 2017, foram retiradas da circulação 4426 notas contrafeitas de 20 euros, mais 2601 do que no segundo semestre de 2016.

Teixeira Correia

(jornalista)

Share This Post On